28 de maio de 2012 | nenhum comentário »

Cataratas do Iguaçu são reconhecidas como uma das 7 maravilhas naturais

As Cataratas do Iguaçu receberam na sexta-feira (25) a placa de bronze que as distingue como uma das Sete Maravilhas da Natureza, em uma cerimônia apadrinhada por representantes dos outros locais eleitos pela fundação suíça New 7 Wonders.

A festa de consagração das cataratas aconteceu durante a noite de  sexta-feira no Gramadão da Vila A, um parque situado em Foz do Iguaçu, cidade brasileira da Tripla Fronteira, que recebeu cerca de 20 mil pessoas.

O presidente da fundação New 7 Wonders, Bernard Weber, destacou o fato de ser a primeira vez em que o mundo reconhece as maravilhas da natureza, assim como fez com as sete maravilhas criadas pelo homem.

“As maravilhas da natureza formam agora parte da memória mundial”, manifestou Weber no grande ato de entrega da placa de 130 quilos.

Outra placa de bronze foi entregue neste sábado (26) em Puerto Iguazú, no lado argentino das cataratas, um espetáculo natural formado por 275 quedas d’água que se precipitam ao longo de 2.700 metros no leito do rio Iguazú.

Participaram das cerimônias em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú representantes das outras seis maravilhas da natureza, que foram eleitas em novembro passado pela fundação New 7 Wonders mediante uma votação mundial pela internet.

As outras seis maravilhas naturais são a Floresta Amazônica, a ilha de Jeju (Coreia do Sul), o rio subterrâneo de Puerto Princesa (Filipinas), a baía de Halong (Vietnã), o Parque Natural de Komodo (Indonésia) e a montanha da Mesa (África do Sul). 

Fonte: Portal iG


22 de julho de 2011 | nenhum comentário »

Inscrições abertas para o 3º Prêmio Melhores Práticas da A3P

Reconhecer o mérito das iniciativas dos órgãos e instituições do setor público na promoção e na prática da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é o objetivo do Prêmio Melhores Práticas da A3P, que chega a sua terceira edição com inscrições abertas até 16 de setembro.

Podem participar do prêmio, que acontece anualmente, órgãos e instituições públicas parceiras formais da A3P, com o Termo de Adesão assinado no momento da candidatura e que estejam vigentes até a solenidade de premiação, que acontece dia 9 de novembro. A iniciativa inscrita deve atender aos requisitos de enquadramento em alguma das categorias temáticas do prêmio, ter sido concluída nos últimos dois anos ou estar em andamento e apresentar evidências tangíveis e resultados concretos.

Serão premiados os três melhores colocados nas categorias de gestão de resíduos; uso sustentável dos recursos naturais – água e energia; e inovação na gestão pública. Os primeiros colocados receberão troféus e todos receberão certificados, além da ampla divulgação das iniciativas, cujo objetivo é estimular a adesão de outros órgãos e instituições, ampliando as parcerias.

Todos os passos para a inscrição estão disponíveis na página da A3P na internet, no endereço www.mma.gov.br/a3p.

Fonte: MMA


2 de fevereiro de 2011 | nenhum comentário »

Brasil ganha prêmio no Dia Mundial das Zonas Úmidas

Em comemoração aos 40 anos da Convenção das Zonas Úmidas, foi anunciado nesta segunda-feira (31) o primeiro lugar para Gestão Sustentável de Sítios Ramsar nas Américas para a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas. O prêmio será entregue no dia 2 de fevereiro, em Huatulco, México, quando se comemora o Dia Mundial das Zonas Úmidas. Representantes dos países das Américas, entre eles o Ministério do Meio Ambiente, estão reunidos no México para simpósios temáticos, com a apresentação de atividades desenvolvidas nos Sítios Ramsar em cada país.

tracker the movie in high quality

O Secretariado da Convenção lançou também a publicação comemorativa “Valores Líquidos de Ramsar”, já disponível em espanhol na página eletrônica do MMA, com o histórico de implementação da Convenção de Ramsar e os desafios para o futuro, além de publicar em seu website (www.ramsar.org), durante todo o ano, as experiências que concorreram ao prêmio.

Zonas Úmidas e florestas - O tema deste ano do Dia Mundial das Zonas Úmidas é “Florestas para a Água e para as Zonas Úmidas”, motivado pelo Ano Internacional de Florestas comemorado em 2011, e uma referência à relação das zonas úmidas com os ambientes florestais.

Segundo a Convenção de Ramsar, zona úmida é uma área de pântano, charco, turfa ou água, natural ou artificial, permanente ou temporária, com água estagnada ou corrente, doce, salobra ou salgada, incluindo área de água marítima com menos de seis metros de profundidade na maré baixa. A Convenção foi estabelecida em fevereiro de 1971, na cidade iraniana de Ramsar, por isso é também chamada Convenção de Ramsar. Hoje são 160 os países signatários e 1912 as Zonas Úmidas de Importância Internacional – os Sítios Ramsar -, que somam 186.963.216 hectares.

O Brasil assinou a Convenção de Ramsar em setembro de 1993, ratificando-a três anos depois, e hoje, por suas dimensões, acolhe uma grande variedade de zonas úmidas importantes, o que possibilita o acesso a benefícios como cooperação técnica e apoio financeiro para a promoção do uso sustentável dos recursos naturais das zonas úmidas, favorecendo a implantação de um modelo de desenvolvimento que proporcione qualidade de vida aos seus habitantes.

São onze os Sítios Ramsar brasileiros: Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA), Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses (MA), Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MT), Parque Nacional do Araguaia (TO), Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA), Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS), Parque Estadual do Rio Doce (MG), Parque Estadual Marinho do Parcel do Manoel Luíz (MA), Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (AM), Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda do Rio Negro (MS) e Reserva Particular do Patrimônio Natural do Sesc Pantanal (MT).

O segundo lugar ficou para a Laguna Conchali, no Chile. Os vencedores receberão o prêmio no dia 2 de fevereiro, durante a convenção comemorativa dos 40 anos da Convenção de Ramsar, que acontece em Huatulco, México. (Fonte: Ana Flora Caminha/ MMA)


10 de setembro de 2009 | nenhum comentário »

Abertas as inscrições para o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente

Até 30 de outubro

Empresas, instituições, órgãos públicos, ONGs e agências de comunicação de todo o Brasil já podem se preparar para concorrer ao 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente. As inscrições estão abertas até 30 de outubro.

watch avatar ful film
date night full dvd
watch the no strings attached movie online

 

the big bang dvd download

Cada instituição pode participar com projetos em até duas das seguintes categorias: Ar; Água; Fauna e Flora; Educação Ambiental; Resíduos; Eficiência Energética; Eco-Turismo; Meio Ambiente – Âmbito Municipal;  Meio Ambiente – Âmbito Estadual;  Meio Ambiente – Âmbito Federal;  Ação de Comunicação Social em Meio Ambiente;  Campanha Publicitária sobre Meio Ambiente.

Idealizado pela Editora JB/JB Ecológico, o prêmio tem por objetivo divulgar iniciativas que busquem conciliar atividades produtivas com a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável, estimulando a continuidade e ampliação da consciência ambiental em todo o país.

hereafter full video download

Os critérios de avaliação dos projetos envolvem o cumprimento dos objetivos, seu grau de inovação e replicabilidade, a abrangência, a criatividade nas soluções apresentadas, a utilização de tecnologias limpas ou inovadoras e a sustentabilidade do projeto. A premiação acontecerá no Rio de Janeiro, no início de 2010.

red riding hood full movie online

Mais informações no site do prêmio: www.jb.com.br/4pbma

alice in wonderland full

12 de abril de 2009 | nenhum comentário »

Fogão solar ganha prêmio de melhor criação ecológica

Um fogão solar foi o vencedor de um concurso que premiou invenções que preservam o meio ambiente.

A Caixa Kyoto, como o fogão foi apelidado, é feita de papelão e pode ser usada para ferver água e cozinhar alimentos.

O criador do produto, Jon Bohmer, está baseado no Quênia e disse que espera espalhar sua idéia nos países em desenvolvimento, evitando que o uso da lenha continue devastando florestas em todo o mundo.

Organizado pelo Fórum para o Futuro, uma instituição beneficente que promove desenvolvimento sustentável, a competição concedeu ao vencedor um prêmio de US$ 75 mil (cerca de R$163 mil). A idéia do concurso foi apoiar conceitos que provaram sua realização, mas não ganharam o suporte do mundo corporativo.

Papelão e tinta – A Caixa de Kyoto é feita de duas caixas de papelão nas quais se cola uma folha de papel laminado no fundo. O papel laminado é pintado de preto para maximizar a absorção de calor.

Ao cobrir a caixa com uma tampa transparente, o calor é retido podendo elevar a temperatura dentro do objeto a até 80 C.

Os juízes dizem ter ficado impressionados com a capacidade de produção em larga escala do fogão solar.

“Nós podemos usar as fábricas de papelão e começar a construir milhares e milhares de fogões todo mês”, disse John Bohmer, que também é fundador da fábrica Kyoto Energy, no Quênia.

full black swan film high quality

Bohmer espera ganhar patrocínio do mercado internacional de carbono. Ao demonstrar que o uso da Caixa de Kyoto reduz as emissões de gás carbônico, ele poderá ganhar créditos de carbono de países e empresas ocidentais.

Entre outros finalistas da competição, estavam um acessório que diminui a resistência do ar em caminhões de carga, reduzindo o uso de combustível, um forno de microondas gigante que transforma madeira em carvão, e um painel que, acoplado ao teto, refresca ambientes fechados. (Fonte: Estadão Online)


12 de abril de 2009 | nenhum comentário »

Prêmio Jovem Cientista tem inscrições prorrogadas

Com o tema Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro”, serão concedidos R$ 150 mil aos ganhadores. Primeiros lugares poderão expor pesquisas na 62ª Reunião Anual da SBPC, em 2010

harry potter and the deathly hallows: part 1 the film in hd

O Prêmio Jovem Cientista, em sua 24ª edição, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 30 de junho de 2010. O prêmio é uma parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Gerdau e a Fundação Roberto Marinho.

Segundo o CNPq, o objetivo do prêmio é buscar, por meio dos diferentes temas abordados a cada ano, soluções simples e acessíveis para problemas diretamente ligados à população. Com o tema “Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro”, o foco desta edição será o estudo, desenvolvimento e uso de energias alternativas, estimulando a produção e o consumo dessas fontes de energia de uma maneira sustentável.

Cinco categorias serão premiadas: Graduado, Estudante de Ensino Superior, Estudante de Ensino Médio, Orientador e Mérito Institucional. Há ainda uma Menção Honrosa para um pesquisador com título de doutor que se destaque por sua trajetória na área relacionada ao tema do prêmio.

Na categoria Graduado, podem concorrer aqueles que concluíram o curso de graduação e que tenham menos de 40 anos de idade em 31 de dezembro de 2009. Na categoria Estudante do Ensino Superior, podem concorrer estudantes que estejam frequentando cursos de graduação e que, em 31 de dezembro de 2009, tenham menos de 30 anos de idade.

Na categoria Estudante do Ensino Médio, podem se inscrever alunos regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas de ensino médio e em escolas técnicas e que tenham menos de 25 anos de idade em 31 de dezembro de 2009.

Na categoria Orientador, serão premiados professores ou pesquisadores que tenham atuado como orientadores dos candidatos vencedores nas categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Ensino Médio. Na categoria Mérito Institucional, serão premiadas uma instituição de ensino superior e outra de ensino médio, às quais estiver vinculado o maior número de trabalhos com qualidade.

As premiações, que serão entregues pelo presidente da República e pelas autoridades governamentais da área de ciência e tecnologia, perfazem um total de R$ 150 mil. O 1º lugar na categoria Graduado receberá R$ 20 mil e, em Estudante do Ensino Superior, R$ 10 mil.

Os três primeiros colocados das categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Estudante do Ensino Médio poderão receber bolsas de estudo do CNPq.

Os primeiros colocados das categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Estudante do Ensino Médio participarão da 62ª Reunião da SBPC, em 2010, com o objetivo de expor suas pesquisas.

Os trabalhos premiados são publicados em livro próprio do Prêmio Jovem Cientista, elaborado pelas instituições parceiras.

As inscrições podem ser feitas pela internet ou pelos Correios. O regulamento do prêmio e a ficha de inscrição estão disponíveis em http://www.jovemcientista.cnpq.br
Fonte: Agência Fapesp


27 de abril de 2008 | nenhum comentário »

IPEVS recebe Título de UTILIDADE PÚBLICA em Cornélio Procópio – PR

PROJETO DE LEI Nº 10/08
DATA: 17/04/08
PROTOCOLO GERAL
Nº: 127/08
Data: 17/04/08
Hora: 15:00
Visto: terezinha

SÚMULA: Declara de Utilidade Pública o Instituto de Pesquisa
em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS.

A CÂMARA MUNICIPAL DE CORNÉLIO PROCÓPIO – ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte:

L E I:

Art. 1º – Fica declarada de Utilidade Pública ao Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS.

Art. 2º – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

SALA DAS SESSÕES, EM 17 DE ABRIL DE 2008.

IZABEL ARANTES DE CAMPOS
Vereadora

JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 10/08

Senhor Presidente,
Senhores Vereadores:

Atualmente o meio ambiente é foco de grandes discussões mundiais. Estudos indicam que em pouco tempo os danos causados pela humanidade serão irreversíveis. Problemas como o aquecimento global, o desmatamento e a extinção de espécies requerem atitudes imediatas tanto de órgãos governamentais quanto da população.

Com intuito de atuar como parceiro e facilitador da administração pública, foi criado o Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS, que é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, tratando-se de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, com autonomia administrativa e financeira.

O IPEVS, tem por objetivo desenvolver e executar projetos nas áreas de Educação, Educação Ambiental, Cultura, Meio Ambiente, Tecnologia Ambiental, Medicina Veterinária, Biologia, Transporte e Manejo de animais selvagens e conservação da Fauna e Flora.
Com ampla atuação, o IPEVS, hoje, administra o Centro de Educação Ambiental “Mundo Animal”, que através da exposição didático-científico de animais vivos e da atuação de monitores responsáveis pelo atendimento ao público, motiva a sensibilização ecológica. Esse trabalho, devido ao seu pioneirismo no Brasil, foi divulgado pela mídia local, nacional e internacional, através da Record Internacional, gerando o aumento do turismo no município.

Atua como colaborador de instituições como o IAP, Força Verde e IBAMA, denunciando crimes contra a fauna e flora e ainda recebendo animais oriundos de apreensões e resgates, realizando atendimento médico veterinário e mantendo-os, se necessário, em cativeiro ou destinando-os para uma soltura em áreas de preservação.

Pretende, futuramente construir um Jardim Zoológico no município, visando proporcionar, além de um grande campo de estudos para as faculdades da região, uma opção de lazer educativo para a comunidade, aumento do turismo, podendo tornar Cornélio Procópio pólo de preservação e educação ambiental.

SALA DAS SESSÕES, EM 17 DE ABRIL DE 2008.

IZABEL ARANTES DE CAMPOS
Vereadora






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

novembro 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

28 de maio de 2012 | nenhum comentário »

Cataratas do Iguaçu são reconhecidas como uma das 7 maravilhas naturais

As Cataratas do Iguaçu receberam na sexta-feira (25) a placa de bronze que as distingue como uma das Sete Maravilhas da Natureza, em uma cerimônia apadrinhada por representantes dos outros locais eleitos pela fundação suíça New 7 Wonders.

A festa de consagração das cataratas aconteceu durante a noite de  sexta-feira no Gramadão da Vila A, um parque situado em Foz do Iguaçu, cidade brasileira da Tripla Fronteira, que recebeu cerca de 20 mil pessoas.

O presidente da fundação New 7 Wonders, Bernard Weber, destacou o fato de ser a primeira vez em que o mundo reconhece as maravilhas da natureza, assim como fez com as sete maravilhas criadas pelo homem.

“As maravilhas da natureza formam agora parte da memória mundial”, manifestou Weber no grande ato de entrega da placa de 130 quilos.

Outra placa de bronze foi entregue neste sábado (26) em Puerto Iguazú, no lado argentino das cataratas, um espetáculo natural formado por 275 quedas d’água que se precipitam ao longo de 2.700 metros no leito do rio Iguazú.

Participaram das cerimônias em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú representantes das outras seis maravilhas da natureza, que foram eleitas em novembro passado pela fundação New 7 Wonders mediante uma votação mundial pela internet.

As outras seis maravilhas naturais são a Floresta Amazônica, a ilha de Jeju (Coreia do Sul), o rio subterrâneo de Puerto Princesa (Filipinas), a baía de Halong (Vietnã), o Parque Natural de Komodo (Indonésia) e a montanha da Mesa (África do Sul). 

Fonte: Portal iG


22 de julho de 2011 | nenhum comentário »

Inscrições abertas para o 3º Prêmio Melhores Práticas da A3P

Reconhecer o mérito das iniciativas dos órgãos e instituições do setor público na promoção e na prática da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é o objetivo do Prêmio Melhores Práticas da A3P, que chega a sua terceira edição com inscrições abertas até 16 de setembro.

Podem participar do prêmio, que acontece anualmente, órgãos e instituições públicas parceiras formais da A3P, com o Termo de Adesão assinado no momento da candidatura e que estejam vigentes até a solenidade de premiação, que acontece dia 9 de novembro. A iniciativa inscrita deve atender aos requisitos de enquadramento em alguma das categorias temáticas do prêmio, ter sido concluída nos últimos dois anos ou estar em andamento e apresentar evidências tangíveis e resultados concretos.

Serão premiados os três melhores colocados nas categorias de gestão de resíduos; uso sustentável dos recursos naturais – água e energia; e inovação na gestão pública. Os primeiros colocados receberão troféus e todos receberão certificados, além da ampla divulgação das iniciativas, cujo objetivo é estimular a adesão de outros órgãos e instituições, ampliando as parcerias.

Todos os passos para a inscrição estão disponíveis na página da A3P na internet, no endereço www.mma.gov.br/a3p.

Fonte: MMA


2 de fevereiro de 2011 | nenhum comentário »

Brasil ganha prêmio no Dia Mundial das Zonas Úmidas

Em comemoração aos 40 anos da Convenção das Zonas Úmidas, foi anunciado nesta segunda-feira (31) o primeiro lugar para Gestão Sustentável de Sítios Ramsar nas Américas para a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas. O prêmio será entregue no dia 2 de fevereiro, em Huatulco, México, quando se comemora o Dia Mundial das Zonas Úmidas. Representantes dos países das Américas, entre eles o Ministério do Meio Ambiente, estão reunidos no México para simpósios temáticos, com a apresentação de atividades desenvolvidas nos Sítios Ramsar em cada país.

tracker the movie in high quality

O Secretariado da Convenção lançou também a publicação comemorativa “Valores Líquidos de Ramsar”, já disponível em espanhol na página eletrônica do MMA, com o histórico de implementação da Convenção de Ramsar e os desafios para o futuro, além de publicar em seu website (www.ramsar.org), durante todo o ano, as experiências que concorreram ao prêmio.

Zonas Úmidas e florestas - O tema deste ano do Dia Mundial das Zonas Úmidas é “Florestas para a Água e para as Zonas Úmidas”, motivado pelo Ano Internacional de Florestas comemorado em 2011, e uma referência à relação das zonas úmidas com os ambientes florestais.

Segundo a Convenção de Ramsar, zona úmida é uma área de pântano, charco, turfa ou água, natural ou artificial, permanente ou temporária, com água estagnada ou corrente, doce, salobra ou salgada, incluindo área de água marítima com menos de seis metros de profundidade na maré baixa. A Convenção foi estabelecida em fevereiro de 1971, na cidade iraniana de Ramsar, por isso é também chamada Convenção de Ramsar. Hoje são 160 os países signatários e 1912 as Zonas Úmidas de Importância Internacional – os Sítios Ramsar -, que somam 186.963.216 hectares.

O Brasil assinou a Convenção de Ramsar em setembro de 1993, ratificando-a três anos depois, e hoje, por suas dimensões, acolhe uma grande variedade de zonas úmidas importantes, o que possibilita o acesso a benefícios como cooperação técnica e apoio financeiro para a promoção do uso sustentável dos recursos naturais das zonas úmidas, favorecendo a implantação de um modelo de desenvolvimento que proporcione qualidade de vida aos seus habitantes.

São onze os Sítios Ramsar brasileiros: Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA), Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses (MA), Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MT), Parque Nacional do Araguaia (TO), Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA), Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS), Parque Estadual do Rio Doce (MG), Parque Estadual Marinho do Parcel do Manoel Luíz (MA), Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (AM), Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda do Rio Negro (MS) e Reserva Particular do Patrimônio Natural do Sesc Pantanal (MT).

O segundo lugar ficou para a Laguna Conchali, no Chile. Os vencedores receberão o prêmio no dia 2 de fevereiro, durante a convenção comemorativa dos 40 anos da Convenção de Ramsar, que acontece em Huatulco, México. (Fonte: Ana Flora Caminha/ MMA)


10 de setembro de 2009 | nenhum comentário »

Abertas as inscrições para o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente

Até 30 de outubro

Empresas, instituições, órgãos públicos, ONGs e agências de comunicação de todo o Brasil já podem se preparar para concorrer ao 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente. As inscrições estão abertas até 30 de outubro.

watch avatar ful film
date night full dvd
watch the no strings attached movie online

 

the big bang dvd download

Cada instituição pode participar com projetos em até duas das seguintes categorias: Ar; Água; Fauna e Flora; Educação Ambiental; Resíduos; Eficiência Energética; Eco-Turismo; Meio Ambiente – Âmbito Municipal;  Meio Ambiente – Âmbito Estadual;  Meio Ambiente – Âmbito Federal;  Ação de Comunicação Social em Meio Ambiente;  Campanha Publicitária sobre Meio Ambiente.

Idealizado pela Editora JB/JB Ecológico, o prêmio tem por objetivo divulgar iniciativas que busquem conciliar atividades produtivas com a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável, estimulando a continuidade e ampliação da consciência ambiental em todo o país.

hereafter full video download

Os critérios de avaliação dos projetos envolvem o cumprimento dos objetivos, seu grau de inovação e replicabilidade, a abrangência, a criatividade nas soluções apresentadas, a utilização de tecnologias limpas ou inovadoras e a sustentabilidade do projeto. A premiação acontecerá no Rio de Janeiro, no início de 2010.

red riding hood full movie online

Mais informações no site do prêmio: www.jb.com.br/4pbma

alice in wonderland full

12 de abril de 2009 | nenhum comentário »

Fogão solar ganha prêmio de melhor criação ecológica

Um fogão solar foi o vencedor de um concurso que premiou invenções que preservam o meio ambiente.

A Caixa Kyoto, como o fogão foi apelidado, é feita de papelão e pode ser usada para ferver água e cozinhar alimentos.

O criador do produto, Jon Bohmer, está baseado no Quênia e disse que espera espalhar sua idéia nos países em desenvolvimento, evitando que o uso da lenha continue devastando florestas em todo o mundo.

Organizado pelo Fórum para o Futuro, uma instituição beneficente que promove desenvolvimento sustentável, a competição concedeu ao vencedor um prêmio de US$ 75 mil (cerca de R$163 mil). A idéia do concurso foi apoiar conceitos que provaram sua realização, mas não ganharam o suporte do mundo corporativo.

Papelão e tinta – A Caixa de Kyoto é feita de duas caixas de papelão nas quais se cola uma folha de papel laminado no fundo. O papel laminado é pintado de preto para maximizar a absorção de calor.

Ao cobrir a caixa com uma tampa transparente, o calor é retido podendo elevar a temperatura dentro do objeto a até 80 C.

Os juízes dizem ter ficado impressionados com a capacidade de produção em larga escala do fogão solar.

“Nós podemos usar as fábricas de papelão e começar a construir milhares e milhares de fogões todo mês”, disse John Bohmer, que também é fundador da fábrica Kyoto Energy, no Quênia.

full black swan film high quality

Bohmer espera ganhar patrocínio do mercado internacional de carbono. Ao demonstrar que o uso da Caixa de Kyoto reduz as emissões de gás carbônico, ele poderá ganhar créditos de carbono de países e empresas ocidentais.

Entre outros finalistas da competição, estavam um acessório que diminui a resistência do ar em caminhões de carga, reduzindo o uso de combustível, um forno de microondas gigante que transforma madeira em carvão, e um painel que, acoplado ao teto, refresca ambientes fechados. (Fonte: Estadão Online)


12 de abril de 2009 | nenhum comentário »

Prêmio Jovem Cientista tem inscrições prorrogadas

Com o tema Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro”, serão concedidos R$ 150 mil aos ganhadores. Primeiros lugares poderão expor pesquisas na 62ª Reunião Anual da SBPC, em 2010

harry potter and the deathly hallows: part 1 the film in hd

O Prêmio Jovem Cientista, em sua 24ª edição, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 30 de junho de 2010. O prêmio é uma parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Gerdau e a Fundação Roberto Marinho.

Segundo o CNPq, o objetivo do prêmio é buscar, por meio dos diferentes temas abordados a cada ano, soluções simples e acessíveis para problemas diretamente ligados à população. Com o tema “Energia e Meio Ambiente – Soluções para o Futuro”, o foco desta edição será o estudo, desenvolvimento e uso de energias alternativas, estimulando a produção e o consumo dessas fontes de energia de uma maneira sustentável.

Cinco categorias serão premiadas: Graduado, Estudante de Ensino Superior, Estudante de Ensino Médio, Orientador e Mérito Institucional. Há ainda uma Menção Honrosa para um pesquisador com título de doutor que se destaque por sua trajetória na área relacionada ao tema do prêmio.

Na categoria Graduado, podem concorrer aqueles que concluíram o curso de graduação e que tenham menos de 40 anos de idade em 31 de dezembro de 2009. Na categoria Estudante do Ensino Superior, podem concorrer estudantes que estejam frequentando cursos de graduação e que, em 31 de dezembro de 2009, tenham menos de 30 anos de idade.

Na categoria Estudante do Ensino Médio, podem se inscrever alunos regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas de ensino médio e em escolas técnicas e que tenham menos de 25 anos de idade em 31 de dezembro de 2009.

Na categoria Orientador, serão premiados professores ou pesquisadores que tenham atuado como orientadores dos candidatos vencedores nas categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Ensino Médio. Na categoria Mérito Institucional, serão premiadas uma instituição de ensino superior e outra de ensino médio, às quais estiver vinculado o maior número de trabalhos com qualidade.

As premiações, que serão entregues pelo presidente da República e pelas autoridades governamentais da área de ciência e tecnologia, perfazem um total de R$ 150 mil. O 1º lugar na categoria Graduado receberá R$ 20 mil e, em Estudante do Ensino Superior, R$ 10 mil.

Os três primeiros colocados das categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Estudante do Ensino Médio poderão receber bolsas de estudo do CNPq.

Os primeiros colocados das categorias Graduado, Estudante do Ensino Superior e Estudante do Ensino Médio participarão da 62ª Reunião da SBPC, em 2010, com o objetivo de expor suas pesquisas.

Os trabalhos premiados são publicados em livro próprio do Prêmio Jovem Cientista, elaborado pelas instituições parceiras.

As inscrições podem ser feitas pela internet ou pelos Correios. O regulamento do prêmio e a ficha de inscrição estão disponíveis em http://www.jovemcientista.cnpq.br
Fonte: Agência Fapesp


27 de abril de 2008 | nenhum comentário »

IPEVS recebe Título de UTILIDADE PÚBLICA em Cornélio Procópio – PR

PROJETO DE LEI Nº 10/08
DATA: 17/04/08
PROTOCOLO GERAL
Nº: 127/08
Data: 17/04/08
Hora: 15:00
Visto: terezinha

SÚMULA: Declara de Utilidade Pública o Instituto de Pesquisa
em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS.

A CÂMARA MUNICIPAL DE CORNÉLIO PROCÓPIO – ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte:

L E I:

Art. 1º – Fica declarada de Utilidade Pública ao Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS.

Art. 2º – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

SALA DAS SESSÕES, EM 17 DE ABRIL DE 2008.

IZABEL ARANTES DE CAMPOS
Vereadora

JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 10/08

Senhor Presidente,
Senhores Vereadores:

Atualmente o meio ambiente é foco de grandes discussões mundiais. Estudos indicam que em pouco tempo os danos causados pela humanidade serão irreversíveis. Problemas como o aquecimento global, o desmatamento e a extinção de espécies requerem atitudes imediatas tanto de órgãos governamentais quanto da população.

Com intuito de atuar como parceiro e facilitador da administração pública, foi criado o Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente – IPEVS, que é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, tratando-se de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, com autonomia administrativa e financeira.

O IPEVS, tem por objetivo desenvolver e executar projetos nas áreas de Educação, Educação Ambiental, Cultura, Meio Ambiente, Tecnologia Ambiental, Medicina Veterinária, Biologia, Transporte e Manejo de animais selvagens e conservação da Fauna e Flora.
Com ampla atuação, o IPEVS, hoje, administra o Centro de Educação Ambiental “Mundo Animal”, que através da exposição didático-científico de animais vivos e da atuação de monitores responsáveis pelo atendimento ao público, motiva a sensibilização ecológica. Esse trabalho, devido ao seu pioneirismo no Brasil, foi divulgado pela mídia local, nacional e internacional, através da Record Internacional, gerando o aumento do turismo no município.

Atua como colaborador de instituições como o IAP, Força Verde e IBAMA, denunciando crimes contra a fauna e flora e ainda recebendo animais oriundos de apreensões e resgates, realizando atendimento médico veterinário e mantendo-os, se necessário, em cativeiro ou destinando-os para uma soltura em áreas de preservação.

Pretende, futuramente construir um Jardim Zoológico no município, visando proporcionar, além de um grande campo de estudos para as faculdades da região, uma opção de lazer educativo para a comunidade, aumento do turismo, podendo tornar Cornélio Procópio pólo de preservação e educação ambiental.

SALA DAS SESSÕES, EM 17 DE ABRIL DE 2008.

IZABEL ARANTES DE CAMPOS
Vereadora