Cidade de SP inicia mapeamento geográfico de áreas de rios

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Cubatão, na Baixada Santista, iniciou na quarta-feira o mapeamento geográfico e fotográfico de todas as trilhas e braços de rios do município, com o objetivo de aumentar a segurança e incentivar o ecoturismo e a pesquisa. O trabalho, que tem parceria com o Corpo de Bombeiros da região, deverá ser concluído em dois meses.

A intenção é coletar informações detalhadas dos locais para que, além de auxiliar no desenvolvimento de roteiros ecoturísticos monitorados pela prefeitura, facilitem o trabalho dos bombeiros na realização de resgates. Segundo registros, neste ano 20 pessoas já efetuaram ocorrências.

A prefeitura de Cubatão, que atualmente desconhece o número exato de quilômetros de trilhas existentes no município, pretende catalogar lugares que poderão ser utilizados em pesquisas científicas e em medições de índices de degradação ambiental.

Localizada na região metropolitana da Baixada Santista (microrregião de Santos), Cubatão tem aproximadamente 120 mil habitantes e ocupa uma área de 142,3 km². A cidade possui um grande parque industrial e, na década de 1980, foi considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) a mais poluída do mundo. As indústrias, a comunidade e o governo tentam controlar o nível de poluentes. As trilhas turísticas mais utilizadas na região são as do Parque do Perequê, Itutinga Pilões, Parque do Quilombo e Trilha do Diabo.

Fonte: www.terra.com.br

Deixe seu comentário


You must be logged in to post a comment.




Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

outubro 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031