4 de junho de 2012 | nenhum comentário »

PAÍS TEM 4 BATIDAS DE AVIÕES EM AVES POR DIA

Um levantamento feito pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), órgão que atua na investigação e prevenção de acidentes aéreos, aponta que, em média, quatro aviões atingem Aves por dia no país. Um dos casos mais recentes aconteceu no último dia 15, quando uma aeronave com 118 passageiros precisou retornar ao aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, após colidir com um pássaro.
O aumento dos casos está fazendo com que os aeroportos busquem soluções. Cachorros, falcões e até mesmo robôs estão sendo utilizados na tentativa de espantar os animais. Segundo o Cenipa, só neste ano já foram registradas 657 colisões. Neste ritmo, o número de acidentes pode chegar aos 1,7 mil casos, superando o recorde de 1.460 do ano passado.

Para o chefe de gerenciamento do risco aviário do Cenipa, major Francisco José Morais, a presença de focos atrativos para Aves perto dos aeroportos como lixões e matadouros clandestinos, além do aumento de espécies, podem ser as causas do crescimento dos acidentes.

Fonte: EBAND


22 de setembro de 2011 | nenhum comentário »

Nasa promove competição para incentivar aviões ‘verdes’

Silêncio e economia de energia serão valorizados no desafio.
Prêmio para o vencedor é o maior já oferecido, diz agência espacial.

Preocupada com o meio ambiente, a Nasa vai promover o Desafio do Voo Verde, um concurso para premiar aviadores dispostos a desenvolver tecnologias que não sejam agressivas. Devem competir aviões movidos a energia elétrica, a biocombustíveis ou que usem tecnologias híbridas.

As aeronaves serão avaliadas pelo consumo de combustível, pela velocidade atingida e pelo barulho produzido – quanto mais silenciosa, melhor. Os vencedores levarão um prêmio de US$ 1,65 milhão, o que, segundo a Nasa, é o maior já oferecido numa competição aérea.

O avião Seraph usa uma tecnologia experimental (Foto: IKE Aerospace)

O avião Seraph usa uma tecnologia experimental (Foto: IKE Aerospace)

O e-Genius é um modelo de avião que usa energia elétrica (Foto: e-Genius team/Eric Raymond)

O e-Genius é um modelo de avião que usa energia elétrica (Foto: e-Genius team/Eric Raymond)

 

Fonte: G1, São Paulo


16 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

Equador tenta evitar que aviões atropelem iguanas em Galápagos

As autoridades do Parque Nacional Galápagos (PNG) do Equador e os operadores do aeroporto da ilha de Baltra buscam mecanismos para evitar que aviões atropelem iguanas terrestres nesse campo de aviação. Desde o último mês de julho foram encontradas cinco iguanas mortas na área do aeroporto. Aparentemente, três delas foram atropeladas por aviões e as outras por outros veículos que operam no aeroporto, segundo Víctor Carrión, responsável pelo processo de conservação e restauração dos ecossistemas insulanos do PNG.

Por essa razão, a empresa operadora do aeroporto em Baltra autorizou uma inspeção da pista de aterrissagem. Embora a medida ainda seja um projeto piloto, Carrión considerou que é um bom mecanismo para diminuir o risco de morte das iguanas. O funcionário antecipou que espera manter conversas com as companhias aéreas que operam na região para que capacitem pilotos a fim de que tenham maior precaução.

“Acho que vale a pena perder cinco minutos para proteger uma iguana”, disse, consciente que esse pouco tempo pode significar muito dinheiro para as empresas aéreas. Assim, os trabalhadores saberão que antes de subir ao veículo devem revisar, por exemplo, que, sob o avião, não esteja nenhuma iguana se protegendo do sol.

Também é estudada a possibilidade de pôr ao redor do aeroporto algum dispositivo que não permita que as iguanas entrem na pista, plataforma e estacionamentos.

Carrión lembrou que nos anos 1980 o PNG e a Fundação Charles Darwin realizaram um programa de reprodução e criação de iguanas em Baltra e, graças a isso, agora há aproximadamente mil animais dessa espécie na ilha.

O arquipélago das Galápagos, situado cerca de mil quilômetros do litoral continental do Equador, foi o laboratório natural no qual o cientista inglês Charles Darwin se inspirou para desenvolver sua teoria sobre a seleção natural e a evolução das espécies. As ilhas Galápagos foram declaradas, em 1978, Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

Fonte: Portal Terra






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

outubro 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

4 de junho de 2012 | nenhum comentário »

PAÍS TEM 4 BATIDAS DE AVIÕES EM AVES POR DIA

Um levantamento feito pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), órgão que atua na investigação e prevenção de acidentes aéreos, aponta que, em média, quatro aviões atingem Aves por dia no país. Um dos casos mais recentes aconteceu no último dia 15, quando uma aeronave com 118 passageiros precisou retornar ao aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, após colidir com um pássaro.
O aumento dos casos está fazendo com que os aeroportos busquem soluções. Cachorros, falcões e até mesmo robôs estão sendo utilizados na tentativa de espantar os animais. Segundo o Cenipa, só neste ano já foram registradas 657 colisões. Neste ritmo, o número de acidentes pode chegar aos 1,7 mil casos, superando o recorde de 1.460 do ano passado.

Para o chefe de gerenciamento do risco aviário do Cenipa, major Francisco José Morais, a presença de focos atrativos para Aves perto dos aeroportos como lixões e matadouros clandestinos, além do aumento de espécies, podem ser as causas do crescimento dos acidentes.

Fonte: EBAND


22 de setembro de 2011 | nenhum comentário »

Nasa promove competição para incentivar aviões ‘verdes’

Silêncio e economia de energia serão valorizados no desafio.
Prêmio para o vencedor é o maior já oferecido, diz agência espacial.

Preocupada com o meio ambiente, a Nasa vai promover o Desafio do Voo Verde, um concurso para premiar aviadores dispostos a desenvolver tecnologias que não sejam agressivas. Devem competir aviões movidos a energia elétrica, a biocombustíveis ou que usem tecnologias híbridas.

As aeronaves serão avaliadas pelo consumo de combustível, pela velocidade atingida e pelo barulho produzido – quanto mais silenciosa, melhor. Os vencedores levarão um prêmio de US$ 1,65 milhão, o que, segundo a Nasa, é o maior já oferecido numa competição aérea.

O avião Seraph usa uma tecnologia experimental (Foto: IKE Aerospace)

O avião Seraph usa uma tecnologia experimental (Foto: IKE Aerospace)

O e-Genius é um modelo de avião que usa energia elétrica (Foto: e-Genius team/Eric Raymond)

O e-Genius é um modelo de avião que usa energia elétrica (Foto: e-Genius team/Eric Raymond)

 

Fonte: G1, São Paulo


16 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

Equador tenta evitar que aviões atropelem iguanas em Galápagos

As autoridades do Parque Nacional Galápagos (PNG) do Equador e os operadores do aeroporto da ilha de Baltra buscam mecanismos para evitar que aviões atropelem iguanas terrestres nesse campo de aviação. Desde o último mês de julho foram encontradas cinco iguanas mortas na área do aeroporto. Aparentemente, três delas foram atropeladas por aviões e as outras por outros veículos que operam no aeroporto, segundo Víctor Carrión, responsável pelo processo de conservação e restauração dos ecossistemas insulanos do PNG.

Por essa razão, a empresa operadora do aeroporto em Baltra autorizou uma inspeção da pista de aterrissagem. Embora a medida ainda seja um projeto piloto, Carrión considerou que é um bom mecanismo para diminuir o risco de morte das iguanas. O funcionário antecipou que espera manter conversas com as companhias aéreas que operam na região para que capacitem pilotos a fim de que tenham maior precaução.

“Acho que vale a pena perder cinco minutos para proteger uma iguana”, disse, consciente que esse pouco tempo pode significar muito dinheiro para as empresas aéreas. Assim, os trabalhadores saberão que antes de subir ao veículo devem revisar, por exemplo, que, sob o avião, não esteja nenhuma iguana se protegendo do sol.

Também é estudada a possibilidade de pôr ao redor do aeroporto algum dispositivo que não permita que as iguanas entrem na pista, plataforma e estacionamentos.

Carrión lembrou que nos anos 1980 o PNG e a Fundação Charles Darwin realizaram um programa de reprodução e criação de iguanas em Baltra e, graças a isso, agora há aproximadamente mil animais dessa espécie na ilha.

O arquipélago das Galápagos, situado cerca de mil quilômetros do litoral continental do Equador, foi o laboratório natural no qual o cientista inglês Charles Darwin se inspirou para desenvolver sua teoria sobre a seleção natural e a evolução das espécies. As ilhas Galápagos foram declaradas, em 1978, Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

Fonte: Portal Terra