7 de maio de 2012 | nenhum comentário »

Rafael Haddad representa IPEVS e CRMV no I Encontro de Ética , Bioética e Bem-Estar Animal em Bandeirantes.

No início do mês de maio ocorreu o I Encontro de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal evento organizado pela APA – Associação Protetora dos Animais e Curso de Medicina Veterinária, evento realizado na UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná – Campus Bandeirantes.

No evento estiveram presentes palestrantes, Médicos Veterinários, que explanaram sobre ética, direitos e bem estar dos animais. O presidente do IPEVS e Médico Veterinário Rafael Haddad encerrou o ciclo de palestras com o tema Bem-Estar de Animais Silvestres em Cativeiro.

Na ocasião a Professora Dr ª Ana Paula M. E. S. Trad, coordenadora do evento, agradeceu a disponibilidade e o auxílio dispensado por Haddad e o CRMV.  Rafael Haddad esteve no evento também como representante do CRMV – PR Conselho Regional de Medicina Veterinária, sendo ele Delegado Regional do CRMV de Cornélio Procópio.

Rafael Haddad Médico Veterinário e presidente do IPEVS realiza palestra de Bem estar de animais silvestres em cativeiro. Foto: IPEVS

 

 

a Professora Dr ª Ana Paula M. E. S. Trad, coordenadora do evento agradeceu a presença de Rafael Haddad, que na ocasião representou o IPEVS e CRMV. Foto: IPEVS

 

Fonte: Ascom IPEVS


27 de abril de 2012 | nenhum comentário »

Presidente do IPEVS ministra palestra sobre Bem-Estar Animal

O presidente do IPEVS Rafael Haddad (Médico Veterinário e Biólogo) em convite da Associação Protetora e Bem-Estar Animal Ângelo Picone, ministrou palestra sobre Bem estar animal, no V Encontro de Proteção e Bem Estar Animal realizado no Centro Cultural de Cornélio Procópio no dia 26/04.  Os participantes foram orientando sobre adoção de cães e gatos, a importância da castração destes animais e esclarecimento sobre as zoonoses. Instruiu como pessoas que não podem ou não querer ter animais de estimação pode colaborar. E finalizou enfatizando que animais silvestres não são animais de estimação e que a comercialização destes animais é crime e deve ser denunciado.

A palestra contou com a participação dos membros da Associação Ângelo Picone e a equipe do IPEVS.

Fonte: Ascom IPEVS


15 de março de 2012 | nenhum comentário »

Rafael Haddad, Presidente do IPEVS, ministra palestras em comemoração ao Dia Nacional dos Animais

Na semana em que se comemorou o Dia Nacional dos Animais (14/03) o Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad ministrou palestras na escola Dom Bosco e na ONG Orar que realiza projetos sociais no município de Cornélio Procópio.  Na ocasião Rafael abordou sobre os cuidados que todos devem ter com seus animais de estimação.

O público alvo dessas palestras foram crianças matriculadas no ensino fundamental, as quais participaram ativamente e deram diversos relatos sobre acontecimentos diários que envolvem o tema.

Segundo a Prof. Juliana Brancalhão Santana Ribeiro do Colégio Dom Bosco “Muita gente ainda ignora a existência dos animais, maltratando ou abandonando-os. Pesquisas comprovam os benefícios físicos e mentais que a convivência com bichos de estimação trazem para as pessoas. A interação entre pessoas e animais, na troca de carinho, confiança e cuidados, tem se tornado um excelente remédio contra ansiedade, depressão e estresse. Nesta palestra, os alunos aprenderam os diversos cuidados que devemos ter com os animais, principalmente na escolha dos bichinhos de estimação. Enfim… aprenderam que independente da raça ou tipo, o animal merece carinho, respeito e cuidado.”

Rafael Haddad, que é Presidente do IPEVS, salientou que ações deste tipo devem fazer parte do cotidiano das escolas públicas e privadas da rede de ensino, e que somente com educação e conscientização a longo prazo é que se pode diminuir os casos de abandono e maus tratos.

Rafael Haddad e as crianças da ONG Orar em palestra sobre Bem estar animal. Foto: IPEVS

 

Alunos da Escola Dom Bosco também receberam informações sobre cuidados com animais de estimação. Foto: IPEVS

 

Alunos do Colégio Dom Bosco, Professora Juliana Brancalhão e Rafael Haddad médico veterinário que ministrou palestra em comemoração ao Dia Nacional dos Animais. Foto: IPEVS

 

 

Fonte: Ascom IPEVS com informações da Delegacia Regional do CRMV de Cornélio Procópio


14 de maio de 2009 | nenhum comentário »

Carlos Minc apóia declaração de bem-estar dos animais

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, assinou na quarta-feira (13) uma carta de apoio à Declaração Universal do Bem-Estar Animal (Dubea). O propósito é pressionar as Nações Unidas para que adotem a declaração e assim influenciem os países a criar leis especiais ou melhorar a legislação de proteção dos animais e de regulação de atividades produtivas (como a pecuária).

O ministro afirmou que irá propor ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que o Brasil se torne mais um dos países favoráveis à declaração, que está em elaboração desde 2003 quando foi realizada, na capital das Filipinas, a Conferência de Manila sobre o Bem-Estar Animal. A intenção de Minc é que Lula assine a carta de apoio no próximo Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

De acordo com o ministério, já estão sendo implantadas medidas de proteção direta aos animas para compensar o impacto ambiental de projetos como o da obra das duas hidrelétricas do Rio Madeira (RO). Os consórcios construtores se comprometeram a proteger (com corredores de passagem e cativeiros especiais para reprodução, por exemplo) oito espécies ameaçadas de extinção na região.

Além de Carlos Minc, o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, já assinou a carta de apoio à medida. Desde novembro do ano passado, está em vigor uma instrução normativa que estabelece procedimentos gerais e recomendações de boas práticas de criação e transporte dos chamados “animais de produção e de interesse econômico”, como o gado de corte e de leite, os frangos de granja e os porcos para abate.

Assim como esses animais, a proposta de declaração universal abrange animais selvagens, bichos de estimação, espécies utilizadas em pesquisas científicas, animais de cargas e também aqueles usados para fins recreativos.

download the sorcerer’s apprentice hd

“Os animais têm que ser criados o mais próximo das condições naturais”, defende Antônio Augusto Silva, diretor da WSPA – sigla em inglês para a Sociedade Mundial de Proteção Animal, uma federação internacional de organizações de bem-estar animal com atuação em mais de 150 países e em atividade no Brasil desde 1989. Para a organização, o bem-estar animal é um princípio ético, tem relação direta com a saúde humana e até favorece a redução da pobreza.

Segundo Antônio Augusto, há razões pragmáticas para o país querer a declaração. “O Brasil estar preocupado com a proteção dos animais não é só um fator de satisfação do público internacional, mas também é um fator de comércio”, defende o diretor da WSPA se referindo à venda de carnes bovinas e de frango no mercado internacional. (Fonte: Gilberto Costa/ Agência Brasil)






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

julho 2018
S T Q Q S S D
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

7 de maio de 2012 | nenhum comentário »

Rafael Haddad representa IPEVS e CRMV no I Encontro de Ética , Bioética e Bem-Estar Animal em Bandeirantes.

No início do mês de maio ocorreu o I Encontro de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal evento organizado pela APA – Associação Protetora dos Animais e Curso de Medicina Veterinária, evento realizado na UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná – Campus Bandeirantes.

No evento estiveram presentes palestrantes, Médicos Veterinários, que explanaram sobre ética, direitos e bem estar dos animais. O presidente do IPEVS e Médico Veterinário Rafael Haddad encerrou o ciclo de palestras com o tema Bem-Estar de Animais Silvestres em Cativeiro.

Na ocasião a Professora Dr ª Ana Paula M. E. S. Trad, coordenadora do evento, agradeceu a disponibilidade e o auxílio dispensado por Haddad e o CRMV.  Rafael Haddad esteve no evento também como representante do CRMV – PR Conselho Regional de Medicina Veterinária, sendo ele Delegado Regional do CRMV de Cornélio Procópio.

Rafael Haddad Médico Veterinário e presidente do IPEVS realiza palestra de Bem estar de animais silvestres em cativeiro. Foto: IPEVS

 

 

a Professora Dr ª Ana Paula M. E. S. Trad, coordenadora do evento agradeceu a presença de Rafael Haddad, que na ocasião representou o IPEVS e CRMV. Foto: IPEVS

 

Fonte: Ascom IPEVS


27 de abril de 2012 | nenhum comentário »

Presidente do IPEVS ministra palestra sobre Bem-Estar Animal

O presidente do IPEVS Rafael Haddad (Médico Veterinário e Biólogo) em convite da Associação Protetora e Bem-Estar Animal Ângelo Picone, ministrou palestra sobre Bem estar animal, no V Encontro de Proteção e Bem Estar Animal realizado no Centro Cultural de Cornélio Procópio no dia 26/04.  Os participantes foram orientando sobre adoção de cães e gatos, a importância da castração destes animais e esclarecimento sobre as zoonoses. Instruiu como pessoas que não podem ou não querer ter animais de estimação pode colaborar. E finalizou enfatizando que animais silvestres não são animais de estimação e que a comercialização destes animais é crime e deve ser denunciado.

A palestra contou com a participação dos membros da Associação Ângelo Picone e a equipe do IPEVS.

Fonte: Ascom IPEVS


15 de março de 2012 | nenhum comentário »

Rafael Haddad, Presidente do IPEVS, ministra palestras em comemoração ao Dia Nacional dos Animais

Na semana em que se comemorou o Dia Nacional dos Animais (14/03) o Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad ministrou palestras na escola Dom Bosco e na ONG Orar que realiza projetos sociais no município de Cornélio Procópio.  Na ocasião Rafael abordou sobre os cuidados que todos devem ter com seus animais de estimação.

O público alvo dessas palestras foram crianças matriculadas no ensino fundamental, as quais participaram ativamente e deram diversos relatos sobre acontecimentos diários que envolvem o tema.

Segundo a Prof. Juliana Brancalhão Santana Ribeiro do Colégio Dom Bosco “Muita gente ainda ignora a existência dos animais, maltratando ou abandonando-os. Pesquisas comprovam os benefícios físicos e mentais que a convivência com bichos de estimação trazem para as pessoas. A interação entre pessoas e animais, na troca de carinho, confiança e cuidados, tem se tornado um excelente remédio contra ansiedade, depressão e estresse. Nesta palestra, os alunos aprenderam os diversos cuidados que devemos ter com os animais, principalmente na escolha dos bichinhos de estimação. Enfim… aprenderam que independente da raça ou tipo, o animal merece carinho, respeito e cuidado.”

Rafael Haddad, que é Presidente do IPEVS, salientou que ações deste tipo devem fazer parte do cotidiano das escolas públicas e privadas da rede de ensino, e que somente com educação e conscientização a longo prazo é que se pode diminuir os casos de abandono e maus tratos.

Rafael Haddad e as crianças da ONG Orar em palestra sobre Bem estar animal. Foto: IPEVS

 

Alunos da Escola Dom Bosco também receberam informações sobre cuidados com animais de estimação. Foto: IPEVS

 

Alunos do Colégio Dom Bosco, Professora Juliana Brancalhão e Rafael Haddad médico veterinário que ministrou palestra em comemoração ao Dia Nacional dos Animais. Foto: IPEVS

 

 

Fonte: Ascom IPEVS com informações da Delegacia Regional do CRMV de Cornélio Procópio


14 de maio de 2009 | nenhum comentário »

Carlos Minc apóia declaração de bem-estar dos animais

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, assinou na quarta-feira (13) uma carta de apoio à Declaração Universal do Bem-Estar Animal (Dubea). O propósito é pressionar as Nações Unidas para que adotem a declaração e assim influenciem os países a criar leis especiais ou melhorar a legislação de proteção dos animais e de regulação de atividades produtivas (como a pecuária).

O ministro afirmou que irá propor ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que o Brasil se torne mais um dos países favoráveis à declaração, que está em elaboração desde 2003 quando foi realizada, na capital das Filipinas, a Conferência de Manila sobre o Bem-Estar Animal. A intenção de Minc é que Lula assine a carta de apoio no próximo Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

De acordo com o ministério, já estão sendo implantadas medidas de proteção direta aos animas para compensar o impacto ambiental de projetos como o da obra das duas hidrelétricas do Rio Madeira (RO). Os consórcios construtores se comprometeram a proteger (com corredores de passagem e cativeiros especiais para reprodução, por exemplo) oito espécies ameaçadas de extinção na região.

Além de Carlos Minc, o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, já assinou a carta de apoio à medida. Desde novembro do ano passado, está em vigor uma instrução normativa que estabelece procedimentos gerais e recomendações de boas práticas de criação e transporte dos chamados “animais de produção e de interesse econômico”, como o gado de corte e de leite, os frangos de granja e os porcos para abate.

Assim como esses animais, a proposta de declaração universal abrange animais selvagens, bichos de estimação, espécies utilizadas em pesquisas científicas, animais de cargas e também aqueles usados para fins recreativos.

download the sorcerer’s apprentice hd

“Os animais têm que ser criados o mais próximo das condições naturais”, defende Antônio Augusto Silva, diretor da WSPA – sigla em inglês para a Sociedade Mundial de Proteção Animal, uma federação internacional de organizações de bem-estar animal com atuação em mais de 150 países e em atividade no Brasil desde 1989. Para a organização, o bem-estar animal é um princípio ético, tem relação direta com a saúde humana e até favorece a redução da pobreza.

Segundo Antônio Augusto, há razões pragmáticas para o país querer a declaração. “O Brasil estar preocupado com a proteção dos animais não é só um fator de satisfação do público internacional, mas também é um fator de comércio”, defende o diretor da WSPA se referindo à venda de carnes bovinas e de frango no mercado internacional. (Fonte: Gilberto Costa/ Agência Brasil)