9 de novembro de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS recebe visita do Deputado Estadual Luiz Eduardo Cheida

O Deputado Estadual Luiz Eduardo Cheida esteve em Cornélio Procópio ontem (08/11) acompanhado de seu assessor Álvaro Marques, e a convite do Presidente do IPEVS Rafael Haddad, visitou o CEAMA – Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, projeto coordenado pela entidade, que atua na área de educação ambiental e manejo e conservação da fauna.

Rafael Haddad mostra para Cheida e Álvaro um filhote de Salamanta (Epicrates crassus) nascida no IPEVS

Na ocasião o deputado Cheida, político comprometido com o meio ambiente, parabenizou a equipe do IPEVS pelo trabalho desenvolvido e destacou a necessidade da instituição receber um espaço mais amplo para melhor desempenho das atividades .

Após a visita no CEAMA, Rafael Haddad e Cheida estiveram na UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná – Campus Cornélio Procópio – Centro, onde foram recebidos pelo Vice-Diretor da instituição Prof. Bruno Ambrozio Galindo o qual apresentou os estudos desenvolvidos pela equipe do Laboratório GECON – Laboratório de Genética e Conservação para a conservação dos rios da região.

Prof. Bruno, Deputado Cheida e Rafael Haddad durante visita a coleção zoológica do Curso de Ciências Biológicas da UENP em Cornélio Procópio

Cheida agradeceu a oportunidade de conhecer os projetos desenvolvidos na cidade e se colocou a disposição das instituições para lutar por melhorias na estrutura e por maiores repasses para manutenção de projetos de tamanha importância para o meio ambiente.

Fonte: Ascom IPEVS


4 de setembro de 2012 | nenhum comentário »

III Simpósio de Conservação do Norte do Paraná – UENP Campus Cornélio Procópio

III SICON (III Simpósio de Conservação do Norte do Paraná) e VI EBIC (VI Encontro de Biologia e Iniciação Científica) irá oportunizar a troca de idéias, experiências e o debate sobre “Conservação Ambiental” e outros temas relacionados à Biologia da Conservação.

O evento é voltado para estudantes de graduação e pós-graduação, professores, técnicos e profissionais da região Norte do Paraná, bem como profissionais de outras regiões do estado e do país que tenham interesse pelo assunto.

Entre os principais objetivos, o III SICON pretende:

• Debater assuntos relacionados à Biologia da Conservação, trazendo informações atualizadas através de profissionais renomados nas suas respectivas áreas, proporcionando uma visão ampla da problemática ambiental contemporânea;

• Possibilitar a interação e troca de experiências entre profissionais de ensino e/ou pesquisa, discentes;

• Possibilitar a apresentação de Trabalhos Científicos inéditos, submetidos pelo público participante, desde que passem pela seleção da comissão científica do evento;

• Publicar os trabalhos científicos apresentados, na forma de resumo simples por meio do CD de anais do evento;

• Promover a atualização em temas relacionados à Biologia da Conservação, através de profissionais, especializados e renomados nas diversas áreas que este ramo da biologia abrange;

Além disso, em 2012, ano Internacional da Energia Sustentável para Todos, que tem como temática central a conscientização para as questões energéticas, incluindo os serviços modernos de energia, acesso à disponibilidade e eficiência energética, a sustentabilidade e o uso das fontes de energia para a realização das metas do Desenvolvimento do Milênio, o III SICON pretende proporcionar discussões a esse respeito, tentando relacionar a Conservação Ambiental com a possibilidade de oferta de Energia Sustentável para Todos.

Inscrições e a programação completa acesse: http://eventos.uenp.edu.br/sicon/2012/


1 de agosto de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS, IAP e Força Verde realizam resgate de onça parda no Município de Cornélio Procópio

Na última segunda-feira (30/07) o IAP – Instituto Ambiental do Paraná e Força Verde receberam um chamado para resgate de uma onça parda em uma propriedade localizada no município de Cornélio Procópio – PR, as margens da BR 369 próximo ao Rio Congonhas.  Os funcionários daquela área perceberam um comportamento diferente de seus cachorros e verificaram que a inquietação destes era devido a presença de uma onça localizada em uma árvore da área rural.  O proprietário da fazenda entrou em contato com os órgãos responsáveis para a realização do resgate.

O IAP acionou a equipe do IPEVS – Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente, a qual trabalha como parceira do IAP na realização de resgates de animais silvestres.

A equipe do IAP e do IPEVS se deslocou até o local com o equipamento necessário para a operação e contou com a colaboração da Força Verde e os trabalhadores da propriedade.  A área foi observada para que a captura fosse realizada com segurança para o animal e para os integrantes da operação. Após a análise do local e porte do animal, os dardos com sedativos foram preparados pelo médico veterinário do IPEVS e injetados na onça. O animal sedado ficou sobre a árvore, obrigando a equipe a subir até o local e amarra-la para que a mesma fosse descida até o solo onde foram realizados exames clínicos, atestando a sanidade do animal e no qual foi possível determinar tratar-se de um macho.  A onça foi colocada em uma caixa-transporte permanecendo na sede do IAP enquanto seu destino era definido.

Segundo Renata Alfredo, Bióloga do IPEVS, o animal capturado é uma onça parda ou suçuarana (Puma concolor), macho, adulto de aproximadamente 15 anos, espécie que ocorre em todo o Brasil, sendo a segunda maior espécie de felinos do país, animal ágil sendo capaz de saltar de grandes alturas, de hábito solitário e atividade noturna com uma dieta carnívora.  A espécie costuma percorrer grandes distâncias. A caça e alteração de seu habitat são as principais ameaças de sobrevivência da suçuarana, segundo o Livro Vermelho da Fauna Ameaçada do Paraná, o Puma concolor está com status de espécie vulnerável no estado.

O animal foi encaminhado para soltura em uma reserva as margens do Rio Tibagi.

Após análises fotográficas os técnicos do IPEVS e do IAP concluíram que este não é o mesmo animal que recentemente foi avistado na região da Água do Veado e que conseguiu fugir durante uma tentativa de captura.

Onça Parda localizada em propriedade as margens da BR369. Foto: IPEVS

 

Resgate onça parda, aplicação do sedativo realizada por Claudionor Galego - IAP. Foto: IPEVS

 

Animal já sedado sendo deslocado para o solo. Foto: IPEVS

 

Captura da onça parda. Foto: IPEVS

 

Onça parda encaminhada para sede do IAP após resgate. Foto: IPEVS

 

Suçuarana, o animal resgatado tratava-se de um macho adulto, a captura foi realizada pelo IPEVS, IAP e Força Verde. Foto: IPEVS

 

Devanil José Bonni - Chefe do IAP em entrevista para diversos órgãos de imprensa da região. Foto: IPEVS

 

 

Fonte: Ascom IPEVS


28 de março de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS participa de reunião para retomada das atividades do Conselho de Sanidade Agropecuária de Cornélio Procópio

Na tarde de terça-feira (27/03) foi realizado, no auditório do Sindicato dos Produtores Rurais de Cornélio Procópio (Sindirural), uma reunião do Conselho Municipal de Sanidade Agropecuária (CSA), com a finalidade retomar as atividades e discutir um plano de ação para o grupo, assim como aprovar o estatuto e realizar a eleição da nova diretoria do Conselho.

Entre os presentes, estavam representantes de diversos setores ligados a produção agropecuária no município, além de membros da FAEP e do CSA no Estado.

O médico veterinário da FAEP, Celso de Oliveira, explicitou que nos últimos três anos foram implantados em todo o Estado do Paraná 374 Conselhos Municipais e destes, aproximadamente 40% encontram-se hoje bastantes ativos, desenvolvendo um trabalho de apoio a defesa agropecuária do Estado. “Os demais Conselhos, com o apoio incondicional do Governo do Estado, estão retomando este trabalho de ativação dos mesmos, renovando as diretorias, rediscutindo os planos de ação, pontuando os problemas levantados no município e recebendo todo o apoio necessário para que retomem suas atividades no sentido de tornar o setor agropecuário cada vez mais forte”, concluiu Celso.

O Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente se fez presente por meio de seu presidente, o Médico Veterinário Rafael Haddad, o qual salientou a importância da retomada das atividades de todos os CSAs de nossa região, para que, em conjunto, possam resolver problemas graves que impedem o crescimento e o fortalecimento da atividade no norte do Paraná.

O Núcleo dos Médicos Veterinários de Cornélio Procópio também esteve presente através dos membros Oscar Francisco Balarin, Floriovaldo Calderon, Sergio Hamada e Yassuo Curiaki, sendo que, os dois últimos fazem parte da atual diretoria eleita para o CSA, ocupando respectivamente os cargos de Diretor Técnico de Pecuária e Diretor de Mobilização.

Todas as entidades presentes indicarão dois membros para ocuparem respectivamente o cargo de conselheiro titular e conselheiro suplente junto ao CSA de Cornélio Procópio, para tanto, Rafael Haddad indicou a Bióloga e Diretora Administrativa do IPEVS Lívea Samara de Almeida como conselheira titular e a Bióloga do IPEVS Renata Alfredo como conselheira suplente.

Presidente do IPEVS Rafael Haddad participa da reunião para retomada das atividades do CSA

Fonte: Ascom IPEVS com informações da Delegacia Regional do CRMV de Cornélio Procópio

 


13 de janeiro de 2012 | nenhum comentário »

CEAMA encerra 2011 com a visita de 41 Escolas e Colégios de Cornélio e região.

O CEAMA – Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, localizado no município de Cornélio Procópio – PR, projeto desenvolvido pelo IPEVS encerrou o ano de 2011 com a visita de 41 escolas e colégios de Cornélio Procópio e região totalizando mais 2000 estudantes atendidos.

O CEAMA fundado em 2007 pelo Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad e a Bióloga Lívea Samara de Almeida, é um projeto que possibilita aos visitantes o contato com répteis, anfíbios e aracnídeos.

As escolas realizam um agendamento prévio, e na visita estes tem a oportunidade de conhecerem mais de 25 espécies em exposição. A visita é monitorada por estagiários que explicam e esclarecem dúvidas, finalizando com aulas práticas, que possibilita o contato dos alunos com os animais, contribuindo e ofertando aos estudantes conhecimento e conscientização ambiental.

As visitas podem ser agendadas através do email do IPEVS ipevs@ipevs.org.br, ou pelos telefones 43 -3523-5095 / 43-8434-6175.

 

Segue lista de escolas e colégios que visitaram o CEAMA em 2011:

 

*Colégio PGD – Londrina – PR

*Escola Municipal Eufrosina Ribeiro da Silva – São S. da Amoreira – PR

*Colégio Chácara da Emília – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Dom Bosco – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Anastácio Cerezini – Alvorada do Sul – PR

*Escola Pingo de Gente – Uraí – PR

*Escola Municipal São Tómas de Aquino – Sertanópolis – PR

*Colégio Estadual Antônio Iglésias – Ibiporã – PR

*Escola Estadual Ruth Martinez Corrêa – Ribeirão do Pinhal – PR

*Escola Municipal Luiz Deliberador – Sertanópolis – PR

*Colégio Monteiro Lobato – Alvorada do Sul – PR

*Escola Municipal Arthur Serafim Marques – Rancho Alegre – PR

*Colégio Estadual André Seugling – Projeto CELEM – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Monteiro Lobato – Projeto CELEM – C. Procópio – PR

*Escola Alfa – Londrina – PR

*Colégio Estadual Monteiro Lobato – Cornélio Procópio – PR

*Escola Municipal Princesa Isabel – Jataizinho – PR

*Escola Municipal Tancredo Neves – Ribeirão do Pinhal – PR

*Escola Municipal Professor Vicente Rodrigues Monteiro – Jataizinho – PR

*Colégio Estadual Professora Cleia Godoy Fabrini da Silva – Londrina – PR

*Escola Estadual João Turin – São Sebastião da Amoreira – PR

*Colégio Nossa Senhora do Rosário – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Unidade Polo – Ibiporã – PR

*Colégio São Paulo – Londrina – PR

*Escola Municipal Benedito Biasi Zanin – Sertanópolis – PR

*Centro de Educação Infantil Etelvina França Machado – Santa Mariana – PR

*Escola Municipal Wilson Chamilete – Jataizinho – PR

*Escola Estadual Padre Jerônimo – São Sebastião da Amoreira – PR

*Colégio Integrado Sônia Marcondes – Ibiporã – PR

*Escola Dom Pedro II – Jataizinho – PR

*Colégio Estadual Barão do Rio Branco – Londrina – PR

*Colégio Alfa – Rolândia – PR

*Colégio Rui Barbosa – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual José de Anchieta – Londrina – PR

*Escola Municipal Maria Pura Martinez Fraiz – Nova Fátima – PR

*Colégio Estadual do Campo Mario Zacarelli – Andirá – PR

*CEEBJA – Londrina – PR

*Escola Franciscano Divina Pastora – Uraí – PR

*APAE – Cornélio Procópio – PR

*Escola Estadual Maria Pereira – Leópolis – PR

*Colégio Estadual do Campo Dr. Antônio Pereira Lima – Santa Mariana – PR

 

CEAMA - Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, localizado em Cornélio Procópio - PR; Foto: IPEVS

 

O CEAMA mantêm em exposição répteis, anfíbios e aracnídeos; Foto: IPEVS

 

Em 2011 o CEAMA recebeu a visita de mais de 2000 estudantes de Cornélio e região

 

Fonte: Ascom IPEVS


16 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

IPEVS tem participação importante no Seminário de Integração do Paranapanema

Nos dias 07 a 09 de Novembro de 2011, cerca de 170 pessoas de diversos segmentos reuniram-se nas dependências do Hotel Aguativa Resort, em Cornélio Procópio, para a realização do Seminário de Integração do Paranapanema.

O Seminário de Integração do Paranapanema visou articular e promover o diálogo entre os representantes dos poderes públicos, municípios, usuários e sociedade civil sediados na Bacia Hidrográfica para o processo de composição e instalação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

O evento contou com a participação de Membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas dos Estados de São Paulo e Paraná, representantes dos usuários, da sociedade civil, dos municípios e dos órgãos governamentais com atuação na bacia hidrográfica do Rio Paranapanema.

A participação do IPEVS

O IPEVS esteve presente em todo o evento através dos membros de sua diretoria, Rafael Haddad e Livea Almeida. Devido às contribuições para o desenvolvimento dos trabalhos, Rafael Haddad foi escolhido como representante da Sociedade Civil no Estado do Paraná para apresentar as propostas deste segmento durante o Seminário, e também para articular futuras reuniões com os representantes das ONGS ambientalistas paranaenses inseridas na Bacia Hidrográfica do Paranapanema.

Bióloga Livea Almeida durante o evento.

Rafael Haddad durante apresentação no Seminário

Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema

A Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema é composta por 247 municípios em uma área de 105.921 Km2. Estão instalados na Bacia 06 Comitês de Bacias Hidrográficas, sendo:

03 no Estado do Paraná:

Comitê do Norte Pioneiro

Comitê do Piraponema

Comitê do Rio Tibagi

03 no Estado de São Paulo:

Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Paranapanema

Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paranapanema

Comitê da Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema

O Rio Paranapanema tem comprimento  de 929 Km, sendo  sua Nascente na cota 900 m na Serra Agudos Grande e a Foz – na cota 239 m no Rio Paraná. Separa, a partir da Foz do Rio Itararé, os Estados de São Paulo e Paraná; O Rio Paranapanema, mais do que uma divisa estadual, é um eixo de integração entre duas regiões muito homogêneas. As vertentes Paulista e Paranaense deste Rio apresentam grande identidade, tanto social, quanto cultural e principalmente econômica.

Destacam-se como características regionais:

1. Considerada Região de Conservação por possuir importante acervo ambiental preservado, sobretudo nas porções de cabeceiras (Alto Paranapanema Paulista e  Itararé, Cinzas e Paranapanema 1 e Paranapanema 2 , no Estado do Paraná);

2. Agricultura de ponta e um extraordinário potencial para a agricultura irrigada, tanto pela excelência de seus solos, quanto pelo enorme disponibilidade hídrica. (Alto e Médio Paranapanema Paulista e Bacia dos Rios Cinzas e Tibagi, no Paraná);

3. Grande produção agropecuária nas porções finais da Bacia Hidrográfica do Paranapanema (Pontal do Paranapanema Paulista, Bacia do Pirapó, Paranapanema 3 e 4 no Paraná);

4. Grande avanço na Industrias Sucro-Alcooleira e aumento no plantio de cana de açúcar;

5. Grande disponibilidade de Recursos Hídricos (superficiais e subterrâneos);

6. Grande geradora de hidroeletricidade ao longo do Paranapanema e seus tributários;

7. Dispõe de relevante potencial turístico.

Curiosidade: Em São Paulo, a Lei Estadual 10.488/99, designa o dia 27 de agosto o dia do Rio Paranapanema.

Fonte: www.paranapanema.org/Ascom IPEVS

 


15 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

Ouriço Cacheiro é resgatado de residência e translocado em Cornélio Procópio

Na última quinta-feira, dia 10 de Novembro, próximo ao meio dia, a equipe do IPEVS foi acionada pelo Corpo de Bombeiros de Cornélio Procópio para realizar o resgate de um Ouriço que encontrava-se em uma residência do Jardim Panorama. Lá chegando a equipe foi recebida pelo Policial Militar Fábio Willian Martins da Costa, proprietário da residência, que relatou que o animal havia se escondido provavelmente durante a noite em uma árvore do seu quintal.

O animal foi identificado como sendo um Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) pelo Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad. Após ser retirado com cuidado da árvore, o animal foi levado até o IPEVS, onde foi examinado, e constatada sua saúde, foi encaminhado, ao final do dia, para soltura em uma área florestada longe da cidade.

Os Ouriços Cacheiros são roedores da família Erethizontidae. O gênero Sphiggurus possui várias espécies distribuídas em todo o Brasil, todas com pêlos aculeiformes (espinhos) e sobrepêlos finos, sendo grande parte arborícola e possuindo a cauda preênsil com pêlos somente na metade proximal, o que facilita sua captura e contenção por esta região.  Alimentam-se basicamente de folhas e frutos e geram apenas um filhote por gestação.

Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) eriçando seus espinhos como forma de defesa. Foto: Rafael Haddad

Diferente das crenças populares, os ouriços não lançam seus espinhos, apenas viram de costas para seu agressor, que em contato com estes acabam por se perfurarem. Estes espinhos se soltam apenas em contato com alguma superfície. Muitos cães acabam por se ferirem gravemente ao tentarem atacar ouriços, o que acaba gerando um grande número de acidentes com estes animais. Infelizmente, esse fato incentiva proprietários de cães, principalmente os de áreas rurais, a matarem indiscriminadamente este grupo de animais.

Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) repousando sobre um limoeiro em uma residência na Av. D. Pedro I. Foto: Rafael Haddad

Fonte: Ascom do IPEVS


10 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

IPEVS inicia mês de Agosto com resgates

O mês de Agosto começou com muito trabalho para equipe do IPEVS. Logo no primeiro dia do mês, dois resgates foram realizados pelos profissionais do instituto.

Exemplar de gato do mato pequeno translocado pela equipe do IPEVS (Foto: Rafael Haddad)

Exemplar de gato do mato pequeno translocado pela equipe do IPEVS (Foto: Rafael Haddad)

Acionada pelo caseiro do Sítio Santa Amélia, localizado na Água do Veado em Cornélio Procópio, a equipe do IPEVS foi verificar a captura, através de armadilha, de um suposto “filhote de jaguatirica” que estava comendo frangos na propriedade. Chegando ao local, Rafael Haddad e Renata Alfredo, se depararam com um felino da espécie Leopardus tigrinus conhecido popularmente como gato do mato pequeno. Através do uso de equipamentos de captura e contenção o animal foi transferido para uma caixa de transporte e levado do local, após exame clínico visual e constatação da saúde do gato do mato, o mesmo foi translocado para uma uma área de mata afastada, indicada pela chefia do IAP, e ganhou novamente a liberdade.

Macho de Didelphis albiventris ou Gambá de Orelha Branca, espécie que desenvolveu hábitos sinantrópicos. (Foto: Rafael Haddad)

Macho de Didelphis albiventris ou Gambá de Orelha Branca, espécie que desenvolveu hábitos sinantrópicos. (Foto: Rafael Haddad)

Poucos minutos após o retorno, a equipe recebeu outra ligação, agora do Corpo de Bombeiros, que relatava a presença de um gambá em uma residência do Jardim Vitória Régia. Imediatamente a equipe se deslocou até o local e constatou a presença de um indivíduo macho de Didelphis albiventris popularmente conhecido como Gambá ou Raposinha. O animal foi resgatado do local, e após exame clínico, foi translocado para uma outra área de vegetação preservada fora da zona urbana.

O aparecimento de animais silvestres próximos a residências é reflexo da diminuição das áreas naturais como as florestas. Os predadores se adaptaram para abater presas domésticas, mais mansas e que ficam normalmente confinadas. Já outros animais aproximam-se das cidades atrás de restos de alimentos humanos e de insetos que vivem em meio aos resíduos.

Caso você identifique a presença de um animal silvestre em sua residência entre em contato com órgãos especializados como o IBAMA, a Polícia Florestal e o IAP, ou contate instituições como o Corpo de Bombeiros e a equipe do IPEVS (atendemos somente em nossa região).

Fonte: Ascom do IPEVS


22 de julho de 2011 | nenhum comentário »

Evento sobre Agropecuária Sustentável em Cornélio Procópio – PR


26 de maio de 2011 | nenhum comentário »

Setores discutem sobre Arborização Urbana de Cornélio Procópio

Com o intuito de elaborar uma legislação específica para o município de Cornélio Procópio, a exemplo de outros municípios, o vereador Ricardo Leite reuniu, na última segunda-feira (23/05/11), representantes do comércio, representantes de bairros, Universidades, IAP, imprensa e entidades ambientalistas para discutir, contribuir e realizar um estudo prévio para elaboração de um projeto de lei sobre a Arborização Urbana.

Ricardo ressaltou a importância da participação das entidades no auxilio da elaboração do projeto, acreditando que sugestões de todos os setores embasam a lei e a torna funcional, “Lei com aplicabilidade” como preferiu definir.

 Discutindo-se a arborização atualmente existente, foi citada a questão da retirada da falsa-seringueira no centro da cidade, reforçando assim a necessidade de um projeto para o nosso município.

Todos os presentes contribuíram com sugestões, explanando itens fundamentais a serem levados em consideração para elaboração deste projeto.

Espécies a serem utilizadas, poda e a preocupação com as fachadas das lojas foram questionadas, sendo citado o plantio de árvores em épocas anteriores não sendo realizadas as devidas manutenções. Sugestões como adoção de praças e árvores por comerciantes foram apresentadas.

O Chefe do Escritório Regional do IAP Devanil José Bonni sugeriu a necessidade de um “funcionalismo municipal”, que os funcionários capacitados para os trabalhos de poda e manutenção sejam efetivos, não sendo substituídos quando a prefeitura receba um novo prefeito. Deixou claro que o município tem autonomia sobre decisões de corte e poda das árvores nas áreas urbanas fora das APP´s.

Livea S. de Almeida, bióloga e Diretora Administrativa do IPEVS,  representou a instituição nesta reunião e esclareceu que a elaboração do projeto de arborização urbana deve ser realizado por profissionais capacitados e que sejam utilizadas espécies apropriadas para região, com porte especifico para que se evite problemas com fiação, troncos e raízes profundas que atingem tubulações e destroem calçadas, além de espaçamento  adequado e espécies com folhas perenes, questões de extrema importância, itens estes que já devem estar previstos no projeto.

Livea lembrou ainda que é de extrema necessidade se trabalhar com a educação ambiental e divulgação deste projeto, pois a educação informa e sana dúvidas diminuindo o impacto causado na população quando esta não está informada, proporcionando que leigos se interem do assunto.

 

Ricardo Leite, Devanil (IAP) e Lívea do IPEVS

Ricardo Leite, Devanil (IAP), Lívea do IPEVS e participantes da reunião


« Página anterior





Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

setembro 2018
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

9 de novembro de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS recebe visita do Deputado Estadual Luiz Eduardo Cheida

O Deputado Estadual Luiz Eduardo Cheida esteve em Cornélio Procópio ontem (08/11) acompanhado de seu assessor Álvaro Marques, e a convite do Presidente do IPEVS Rafael Haddad, visitou o CEAMA – Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, projeto coordenado pela entidade, que atua na área de educação ambiental e manejo e conservação da fauna.

Rafael Haddad mostra para Cheida e Álvaro um filhote de Salamanta (Epicrates crassus) nascida no IPEVS

Na ocasião o deputado Cheida, político comprometido com o meio ambiente, parabenizou a equipe do IPEVS pelo trabalho desenvolvido e destacou a necessidade da instituição receber um espaço mais amplo para melhor desempenho das atividades .

Após a visita no CEAMA, Rafael Haddad e Cheida estiveram na UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná – Campus Cornélio Procópio – Centro, onde foram recebidos pelo Vice-Diretor da instituição Prof. Bruno Ambrozio Galindo o qual apresentou os estudos desenvolvidos pela equipe do Laboratório GECON – Laboratório de Genética e Conservação para a conservação dos rios da região.

Prof. Bruno, Deputado Cheida e Rafael Haddad durante visita a coleção zoológica do Curso de Ciências Biológicas da UENP em Cornélio Procópio

Cheida agradeceu a oportunidade de conhecer os projetos desenvolvidos na cidade e se colocou a disposição das instituições para lutar por melhorias na estrutura e por maiores repasses para manutenção de projetos de tamanha importância para o meio ambiente.

Fonte: Ascom IPEVS


4 de setembro de 2012 | nenhum comentário »

III Simpósio de Conservação do Norte do Paraná – UENP Campus Cornélio Procópio

III SICON (III Simpósio de Conservação do Norte do Paraná) e VI EBIC (VI Encontro de Biologia e Iniciação Científica) irá oportunizar a troca de idéias, experiências e o debate sobre “Conservação Ambiental” e outros temas relacionados à Biologia da Conservação.

O evento é voltado para estudantes de graduação e pós-graduação, professores, técnicos e profissionais da região Norte do Paraná, bem como profissionais de outras regiões do estado e do país que tenham interesse pelo assunto.

Entre os principais objetivos, o III SICON pretende:

• Debater assuntos relacionados à Biologia da Conservação, trazendo informações atualizadas através de profissionais renomados nas suas respectivas áreas, proporcionando uma visão ampla da problemática ambiental contemporânea;

• Possibilitar a interação e troca de experiências entre profissionais de ensino e/ou pesquisa, discentes;

• Possibilitar a apresentação de Trabalhos Científicos inéditos, submetidos pelo público participante, desde que passem pela seleção da comissão científica do evento;

• Publicar os trabalhos científicos apresentados, na forma de resumo simples por meio do CD de anais do evento;

• Promover a atualização em temas relacionados à Biologia da Conservação, através de profissionais, especializados e renomados nas diversas áreas que este ramo da biologia abrange;

Além disso, em 2012, ano Internacional da Energia Sustentável para Todos, que tem como temática central a conscientização para as questões energéticas, incluindo os serviços modernos de energia, acesso à disponibilidade e eficiência energética, a sustentabilidade e o uso das fontes de energia para a realização das metas do Desenvolvimento do Milênio, o III SICON pretende proporcionar discussões a esse respeito, tentando relacionar a Conservação Ambiental com a possibilidade de oferta de Energia Sustentável para Todos.

Inscrições e a programação completa acesse: http://eventos.uenp.edu.br/sicon/2012/


1 de agosto de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS, IAP e Força Verde realizam resgate de onça parda no Município de Cornélio Procópio

Na última segunda-feira (30/07) o IAP – Instituto Ambiental do Paraná e Força Verde receberam um chamado para resgate de uma onça parda em uma propriedade localizada no município de Cornélio Procópio – PR, as margens da BR 369 próximo ao Rio Congonhas.  Os funcionários daquela área perceberam um comportamento diferente de seus cachorros e verificaram que a inquietação destes era devido a presença de uma onça localizada em uma árvore da área rural.  O proprietário da fazenda entrou em contato com os órgãos responsáveis para a realização do resgate.

O IAP acionou a equipe do IPEVS – Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente, a qual trabalha como parceira do IAP na realização de resgates de animais silvestres.

A equipe do IAP e do IPEVS se deslocou até o local com o equipamento necessário para a operação e contou com a colaboração da Força Verde e os trabalhadores da propriedade.  A área foi observada para que a captura fosse realizada com segurança para o animal e para os integrantes da operação. Após a análise do local e porte do animal, os dardos com sedativos foram preparados pelo médico veterinário do IPEVS e injetados na onça. O animal sedado ficou sobre a árvore, obrigando a equipe a subir até o local e amarra-la para que a mesma fosse descida até o solo onde foram realizados exames clínicos, atestando a sanidade do animal e no qual foi possível determinar tratar-se de um macho.  A onça foi colocada em uma caixa-transporte permanecendo na sede do IAP enquanto seu destino era definido.

Segundo Renata Alfredo, Bióloga do IPEVS, o animal capturado é uma onça parda ou suçuarana (Puma concolor), macho, adulto de aproximadamente 15 anos, espécie que ocorre em todo o Brasil, sendo a segunda maior espécie de felinos do país, animal ágil sendo capaz de saltar de grandes alturas, de hábito solitário e atividade noturna com uma dieta carnívora.  A espécie costuma percorrer grandes distâncias. A caça e alteração de seu habitat são as principais ameaças de sobrevivência da suçuarana, segundo o Livro Vermelho da Fauna Ameaçada do Paraná, o Puma concolor está com status de espécie vulnerável no estado.

O animal foi encaminhado para soltura em uma reserva as margens do Rio Tibagi.

Após análises fotográficas os técnicos do IPEVS e do IAP concluíram que este não é o mesmo animal que recentemente foi avistado na região da Água do Veado e que conseguiu fugir durante uma tentativa de captura.

Onça Parda localizada em propriedade as margens da BR369. Foto: IPEVS

 

Resgate onça parda, aplicação do sedativo realizada por Claudionor Galego - IAP. Foto: IPEVS

 

Animal já sedado sendo deslocado para o solo. Foto: IPEVS

 

Captura da onça parda. Foto: IPEVS

 

Onça parda encaminhada para sede do IAP após resgate. Foto: IPEVS

 

Suçuarana, o animal resgatado tratava-se de um macho adulto, a captura foi realizada pelo IPEVS, IAP e Força Verde. Foto: IPEVS

 

Devanil José Bonni - Chefe do IAP em entrevista para diversos órgãos de imprensa da região. Foto: IPEVS

 

 

Fonte: Ascom IPEVS


28 de março de 2012 | nenhum comentário »

IPEVS participa de reunião para retomada das atividades do Conselho de Sanidade Agropecuária de Cornélio Procópio

Na tarde de terça-feira (27/03) foi realizado, no auditório do Sindicato dos Produtores Rurais de Cornélio Procópio (Sindirural), uma reunião do Conselho Municipal de Sanidade Agropecuária (CSA), com a finalidade retomar as atividades e discutir um plano de ação para o grupo, assim como aprovar o estatuto e realizar a eleição da nova diretoria do Conselho.

Entre os presentes, estavam representantes de diversos setores ligados a produção agropecuária no município, além de membros da FAEP e do CSA no Estado.

O médico veterinário da FAEP, Celso de Oliveira, explicitou que nos últimos três anos foram implantados em todo o Estado do Paraná 374 Conselhos Municipais e destes, aproximadamente 40% encontram-se hoje bastantes ativos, desenvolvendo um trabalho de apoio a defesa agropecuária do Estado. “Os demais Conselhos, com o apoio incondicional do Governo do Estado, estão retomando este trabalho de ativação dos mesmos, renovando as diretorias, rediscutindo os planos de ação, pontuando os problemas levantados no município e recebendo todo o apoio necessário para que retomem suas atividades no sentido de tornar o setor agropecuário cada vez mais forte”, concluiu Celso.

O Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente se fez presente por meio de seu presidente, o Médico Veterinário Rafael Haddad, o qual salientou a importância da retomada das atividades de todos os CSAs de nossa região, para que, em conjunto, possam resolver problemas graves que impedem o crescimento e o fortalecimento da atividade no norte do Paraná.

O Núcleo dos Médicos Veterinários de Cornélio Procópio também esteve presente através dos membros Oscar Francisco Balarin, Floriovaldo Calderon, Sergio Hamada e Yassuo Curiaki, sendo que, os dois últimos fazem parte da atual diretoria eleita para o CSA, ocupando respectivamente os cargos de Diretor Técnico de Pecuária e Diretor de Mobilização.

Todas as entidades presentes indicarão dois membros para ocuparem respectivamente o cargo de conselheiro titular e conselheiro suplente junto ao CSA de Cornélio Procópio, para tanto, Rafael Haddad indicou a Bióloga e Diretora Administrativa do IPEVS Lívea Samara de Almeida como conselheira titular e a Bióloga do IPEVS Renata Alfredo como conselheira suplente.

Presidente do IPEVS Rafael Haddad participa da reunião para retomada das atividades do CSA

Fonte: Ascom IPEVS com informações da Delegacia Regional do CRMV de Cornélio Procópio

 


13 de janeiro de 2012 | nenhum comentário »

CEAMA encerra 2011 com a visita de 41 Escolas e Colégios de Cornélio e região.

O CEAMA – Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, localizado no município de Cornélio Procópio – PR, projeto desenvolvido pelo IPEVS encerrou o ano de 2011 com a visita de 41 escolas e colégios de Cornélio Procópio e região totalizando mais 2000 estudantes atendidos.

O CEAMA fundado em 2007 pelo Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad e a Bióloga Lívea Samara de Almeida, é um projeto que possibilita aos visitantes o contato com répteis, anfíbios e aracnídeos.

As escolas realizam um agendamento prévio, e na visita estes tem a oportunidade de conhecerem mais de 25 espécies em exposição. A visita é monitorada por estagiários que explicam e esclarecem dúvidas, finalizando com aulas práticas, que possibilita o contato dos alunos com os animais, contribuindo e ofertando aos estudantes conhecimento e conscientização ambiental.

As visitas podem ser agendadas através do email do IPEVS ipevs@ipevs.org.br, ou pelos telefones 43 -3523-5095 / 43-8434-6175.

 

Segue lista de escolas e colégios que visitaram o CEAMA em 2011:

 

*Colégio PGD – Londrina – PR

*Escola Municipal Eufrosina Ribeiro da Silva – São S. da Amoreira – PR

*Colégio Chácara da Emília – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Dom Bosco – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Anastácio Cerezini – Alvorada do Sul – PR

*Escola Pingo de Gente – Uraí – PR

*Escola Municipal São Tómas de Aquino – Sertanópolis – PR

*Colégio Estadual Antônio Iglésias – Ibiporã – PR

*Escola Estadual Ruth Martinez Corrêa – Ribeirão do Pinhal – PR

*Escola Municipal Luiz Deliberador – Sertanópolis – PR

*Colégio Monteiro Lobato – Alvorada do Sul – PR

*Escola Municipal Arthur Serafim Marques – Rancho Alegre – PR

*Colégio Estadual André Seugling – Projeto CELEM – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Monteiro Lobato – Projeto CELEM – C. Procópio – PR

*Escola Alfa – Londrina – PR

*Colégio Estadual Monteiro Lobato – Cornélio Procópio – PR

*Escola Municipal Princesa Isabel – Jataizinho – PR

*Escola Municipal Tancredo Neves – Ribeirão do Pinhal – PR

*Escola Municipal Professor Vicente Rodrigues Monteiro – Jataizinho – PR

*Colégio Estadual Professora Cleia Godoy Fabrini da Silva – Londrina – PR

*Escola Estadual João Turin – São Sebastião da Amoreira – PR

*Colégio Nossa Senhora do Rosário – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual Unidade Polo – Ibiporã – PR

*Colégio São Paulo – Londrina – PR

*Escola Municipal Benedito Biasi Zanin – Sertanópolis – PR

*Centro de Educação Infantil Etelvina França Machado – Santa Mariana – PR

*Escola Municipal Wilson Chamilete – Jataizinho – PR

*Escola Estadual Padre Jerônimo – São Sebastião da Amoreira – PR

*Colégio Integrado Sônia Marcondes – Ibiporã – PR

*Escola Dom Pedro II – Jataizinho – PR

*Colégio Estadual Barão do Rio Branco – Londrina – PR

*Colégio Alfa – Rolândia – PR

*Colégio Rui Barbosa – Cornélio Procópio – PR

*Colégio Estadual José de Anchieta – Londrina – PR

*Escola Municipal Maria Pura Martinez Fraiz – Nova Fátima – PR

*Colégio Estadual do Campo Mario Zacarelli – Andirá – PR

*CEEBJA – Londrina – PR

*Escola Franciscano Divina Pastora – Uraí – PR

*APAE – Cornélio Procópio – PR

*Escola Estadual Maria Pereira – Leópolis – PR

*Colégio Estadual do Campo Dr. Antônio Pereira Lima – Santa Mariana – PR

 

CEAMA - Centro de Educação Ambiental Mundo Animal, localizado em Cornélio Procópio - PR; Foto: IPEVS

 

O CEAMA mantêm em exposição répteis, anfíbios e aracnídeos; Foto: IPEVS

 

Em 2011 o CEAMA recebeu a visita de mais de 2000 estudantes de Cornélio e região

 

Fonte: Ascom IPEVS


16 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

IPEVS tem participação importante no Seminário de Integração do Paranapanema

Nos dias 07 a 09 de Novembro de 2011, cerca de 170 pessoas de diversos segmentos reuniram-se nas dependências do Hotel Aguativa Resort, em Cornélio Procópio, para a realização do Seminário de Integração do Paranapanema.

O Seminário de Integração do Paranapanema visou articular e promover o diálogo entre os representantes dos poderes públicos, municípios, usuários e sociedade civil sediados na Bacia Hidrográfica para o processo de composição e instalação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema.

O evento contou com a participação de Membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas dos Estados de São Paulo e Paraná, representantes dos usuários, da sociedade civil, dos municípios e dos órgãos governamentais com atuação na bacia hidrográfica do Rio Paranapanema.

A participação do IPEVS

O IPEVS esteve presente em todo o evento através dos membros de sua diretoria, Rafael Haddad e Livea Almeida. Devido às contribuições para o desenvolvimento dos trabalhos, Rafael Haddad foi escolhido como representante da Sociedade Civil no Estado do Paraná para apresentar as propostas deste segmento durante o Seminário, e também para articular futuras reuniões com os representantes das ONGS ambientalistas paranaenses inseridas na Bacia Hidrográfica do Paranapanema.

Bióloga Livea Almeida durante o evento.

Rafael Haddad durante apresentação no Seminário

Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema

A Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema é composta por 247 municípios em uma área de 105.921 Km2. Estão instalados na Bacia 06 Comitês de Bacias Hidrográficas, sendo:

03 no Estado do Paraná:

Comitê do Norte Pioneiro

Comitê do Piraponema

Comitê do Rio Tibagi

03 no Estado de São Paulo:

Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Paranapanema

Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paranapanema

Comitê da Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema

O Rio Paranapanema tem comprimento  de 929 Km, sendo  sua Nascente na cota 900 m na Serra Agudos Grande e a Foz – na cota 239 m no Rio Paraná. Separa, a partir da Foz do Rio Itararé, os Estados de São Paulo e Paraná; O Rio Paranapanema, mais do que uma divisa estadual, é um eixo de integração entre duas regiões muito homogêneas. As vertentes Paulista e Paranaense deste Rio apresentam grande identidade, tanto social, quanto cultural e principalmente econômica.

Destacam-se como características regionais:

1. Considerada Região de Conservação por possuir importante acervo ambiental preservado, sobretudo nas porções de cabeceiras (Alto Paranapanema Paulista e  Itararé, Cinzas e Paranapanema 1 e Paranapanema 2 , no Estado do Paraná);

2. Agricultura de ponta e um extraordinário potencial para a agricultura irrigada, tanto pela excelência de seus solos, quanto pelo enorme disponibilidade hídrica. (Alto e Médio Paranapanema Paulista e Bacia dos Rios Cinzas e Tibagi, no Paraná);

3. Grande produção agropecuária nas porções finais da Bacia Hidrográfica do Paranapanema (Pontal do Paranapanema Paulista, Bacia do Pirapó, Paranapanema 3 e 4 no Paraná);

4. Grande avanço na Industrias Sucro-Alcooleira e aumento no plantio de cana de açúcar;

5. Grande disponibilidade de Recursos Hídricos (superficiais e subterrâneos);

6. Grande geradora de hidroeletricidade ao longo do Paranapanema e seus tributários;

7. Dispõe de relevante potencial turístico.

Curiosidade: Em São Paulo, a Lei Estadual 10.488/99, designa o dia 27 de agosto o dia do Rio Paranapanema.

Fonte: www.paranapanema.org/Ascom IPEVS

 


15 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

Ouriço Cacheiro é resgatado de residência e translocado em Cornélio Procópio

Na última quinta-feira, dia 10 de Novembro, próximo ao meio dia, a equipe do IPEVS foi acionada pelo Corpo de Bombeiros de Cornélio Procópio para realizar o resgate de um Ouriço que encontrava-se em uma residência do Jardim Panorama. Lá chegando a equipe foi recebida pelo Policial Militar Fábio Willian Martins da Costa, proprietário da residência, que relatou que o animal havia se escondido provavelmente durante a noite em uma árvore do seu quintal.

O animal foi identificado como sendo um Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) pelo Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad. Após ser retirado com cuidado da árvore, o animal foi levado até o IPEVS, onde foi examinado, e constatada sua saúde, foi encaminhado, ao final do dia, para soltura em uma área florestada longe da cidade.

Os Ouriços Cacheiros são roedores da família Erethizontidae. O gênero Sphiggurus possui várias espécies distribuídas em todo o Brasil, todas com pêlos aculeiformes (espinhos) e sobrepêlos finos, sendo grande parte arborícola e possuindo a cauda preênsil com pêlos somente na metade proximal, o que facilita sua captura e contenção por esta região.  Alimentam-se basicamente de folhas e frutos e geram apenas um filhote por gestação.

Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) eriçando seus espinhos como forma de defesa. Foto: Rafael Haddad

Diferente das crenças populares, os ouriços não lançam seus espinhos, apenas viram de costas para seu agressor, que em contato com estes acabam por se perfurarem. Estes espinhos se soltam apenas em contato com alguma superfície. Muitos cães acabam por se ferirem gravemente ao tentarem atacar ouriços, o que acaba gerando um grande número de acidentes com estes animais. Infelizmente, esse fato incentiva proprietários de cães, principalmente os de áreas rurais, a matarem indiscriminadamente este grupo de animais.

Ouriço Cacheiro (Sphiggurus sp.) repousando sobre um limoeiro em uma residência na Av. D. Pedro I. Foto: Rafael Haddad

Fonte: Ascom do IPEVS


10 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

IPEVS inicia mês de Agosto com resgates

O mês de Agosto começou com muito trabalho para equipe do IPEVS. Logo no primeiro dia do mês, dois resgates foram realizados pelos profissionais do instituto.

Exemplar de gato do mato pequeno translocado pela equipe do IPEVS (Foto: Rafael Haddad)

Exemplar de gato do mato pequeno translocado pela equipe do IPEVS (Foto: Rafael Haddad)

Acionada pelo caseiro do Sítio Santa Amélia, localizado na Água do Veado em Cornélio Procópio, a equipe do IPEVS foi verificar a captura, através de armadilha, de um suposto “filhote de jaguatirica” que estava comendo frangos na propriedade. Chegando ao local, Rafael Haddad e Renata Alfredo, se depararam com um felino da espécie Leopardus tigrinus conhecido popularmente como gato do mato pequeno. Através do uso de equipamentos de captura e contenção o animal foi transferido para uma caixa de transporte e levado do local, após exame clínico visual e constatação da saúde do gato do mato, o mesmo foi translocado para uma uma área de mata afastada, indicada pela chefia do IAP, e ganhou novamente a liberdade.

Macho de Didelphis albiventris ou Gambá de Orelha Branca, espécie que desenvolveu hábitos sinantrópicos. (Foto: Rafael Haddad)

Macho de Didelphis albiventris ou Gambá de Orelha Branca, espécie que desenvolveu hábitos sinantrópicos. (Foto: Rafael Haddad)

Poucos minutos após o retorno, a equipe recebeu outra ligação, agora do Corpo de Bombeiros, que relatava a presença de um gambá em uma residência do Jardim Vitória Régia. Imediatamente a equipe se deslocou até o local e constatou a presença de um indivíduo macho de Didelphis albiventris popularmente conhecido como Gambá ou Raposinha. O animal foi resgatado do local, e após exame clínico, foi translocado para uma outra área de vegetação preservada fora da zona urbana.

O aparecimento de animais silvestres próximos a residências é reflexo da diminuição das áreas naturais como as florestas. Os predadores se adaptaram para abater presas domésticas, mais mansas e que ficam normalmente confinadas. Já outros animais aproximam-se das cidades atrás de restos de alimentos humanos e de insetos que vivem em meio aos resíduos.

Caso você identifique a presença de um animal silvestre em sua residência entre em contato com órgãos especializados como o IBAMA, a Polícia Florestal e o IAP, ou contate instituições como o Corpo de Bombeiros e a equipe do IPEVS (atendemos somente em nossa região).

Fonte: Ascom do IPEVS


22 de julho de 2011 | nenhum comentário »

Evento sobre Agropecuária Sustentável em Cornélio Procópio – PR


26 de maio de 2011 | nenhum comentário »

Setores discutem sobre Arborização Urbana de Cornélio Procópio

Com o intuito de elaborar uma legislação específica para o município de Cornélio Procópio, a exemplo de outros municípios, o vereador Ricardo Leite reuniu, na última segunda-feira (23/05/11), representantes do comércio, representantes de bairros, Universidades, IAP, imprensa e entidades ambientalistas para discutir, contribuir e realizar um estudo prévio para elaboração de um projeto de lei sobre a Arborização Urbana.

Ricardo ressaltou a importância da participação das entidades no auxilio da elaboração do projeto, acreditando que sugestões de todos os setores embasam a lei e a torna funcional, “Lei com aplicabilidade” como preferiu definir.

 Discutindo-se a arborização atualmente existente, foi citada a questão da retirada da falsa-seringueira no centro da cidade, reforçando assim a necessidade de um projeto para o nosso município.

Todos os presentes contribuíram com sugestões, explanando itens fundamentais a serem levados em consideração para elaboração deste projeto.

Espécies a serem utilizadas, poda e a preocupação com as fachadas das lojas foram questionadas, sendo citado o plantio de árvores em épocas anteriores não sendo realizadas as devidas manutenções. Sugestões como adoção de praças e árvores por comerciantes foram apresentadas.

O Chefe do Escritório Regional do IAP Devanil José Bonni sugeriu a necessidade de um “funcionalismo municipal”, que os funcionários capacitados para os trabalhos de poda e manutenção sejam efetivos, não sendo substituídos quando a prefeitura receba um novo prefeito. Deixou claro que o município tem autonomia sobre decisões de corte e poda das árvores nas áreas urbanas fora das APP´s.

Livea S. de Almeida, bióloga e Diretora Administrativa do IPEVS,  representou a instituição nesta reunião e esclareceu que a elaboração do projeto de arborização urbana deve ser realizado por profissionais capacitados e que sejam utilizadas espécies apropriadas para região, com porte especifico para que se evite problemas com fiação, troncos e raízes profundas que atingem tubulações e destroem calçadas, além de espaçamento  adequado e espécies com folhas perenes, questões de extrema importância, itens estes que já devem estar previstos no projeto.

Livea lembrou ainda que é de extrema necessidade se trabalhar com a educação ambiental e divulgação deste projeto, pois a educação informa e sana dúvidas diminuindo o impacto causado na população quando esta não está informada, proporcionando que leigos se interem do assunto.

 

Ricardo Leite, Devanil (IAP) e Lívea do IPEVS

Ricardo Leite, Devanil (IAP), Lívea do IPEVS e participantes da reunião


« Página anterior