11 de maio de 2011 | nenhum comentário »

I Seminário Sobre Florestas Plantadas e Critérios Socioambientais

O evento foi realizado em Curitiba (PR) e contou com a presença de profissionais autônomos, estudantes, empresas e entidades que não participam ativamente deste Fórum, mas tem interesse em conhecer os princípios e critérios adotados para certificação florestal pelo Conselho Brasileiro de Manejo Florestal (FSC Brasil) e pelo Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor), entre outros assuntos apresentados.

Participantes do seminário. Foto: Edilaine Dick

Participantes do seminário. Foto: Edilaine Dick

Durante o dia 05 de maio de 2011, representantes das empresas florestais e ONGs, que compões o Fórum Florestal Paraná e Santa Catarina, participaram do “I Seminário Sobre Florestas Plantadas e Critérios Socioambientais”, com o objetivo discutir os critérios socioambientais envolvidos nos processos de Certificação Florestal com ênfase nas “Relações Comunitárias e Direito dos Trabalhadores”.

 

Esses critérios foram apresentados por Fabíola Zerbini – Secretária Executiva do FSC e Maria Teresa Rezende – Secretária Executiva do Inmetro/Cerflor.

Durante o seminário foram apresentados exemplos de projetos que estão em andamento e envolvem o setor, e que tem como principais beneficiários as comunidades direta ou indiretamente envolvidas nos processos de produção. Entre as apresentações foram relatadas as ações socioambientais realizadas pela Rigesa; o programa “Semear –Responsabilidade Socioambiental”, desenvolvido pela Arauco e os mecanismos de comunicação, desenvolvidos pela Klabin que facilitam a comunicação com as comunidades e com a sociedade civil em geral.

Gisele Bolzani, Coordenadora de Gestão Socioambiental, da empresa Poyry silviconsult, através da palestra “Gestão social no contexto da sustentabilidade”, apresentou os principais caminhos que a empresa deve seguir para a gestão social, e que ações nesse sentido, devem ser planejadas, executadas, monitoradas e avaliadas constantemente.

Através dos debates e aproximação entre os participantes, foi possível levantar demandas externas relacionadas a questões sociais que deverão ser trabalhadas nos próximos meses, pelo GT Socioambiental, constituído no âmbito do Fórum Florestal PR e SC.

Fonte: www.dialogoflorestal.org.br






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

outubro 2019
S T Q Q S S D
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

11 de maio de 2011 | nenhum comentário »

I Seminário Sobre Florestas Plantadas e Critérios Socioambientais

O evento foi realizado em Curitiba (PR) e contou com a presença de profissionais autônomos, estudantes, empresas e entidades que não participam ativamente deste Fórum, mas tem interesse em conhecer os princípios e critérios adotados para certificação florestal pelo Conselho Brasileiro de Manejo Florestal (FSC Brasil) e pelo Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor), entre outros assuntos apresentados.

Participantes do seminário. Foto: Edilaine Dick

Participantes do seminário. Foto: Edilaine Dick

Durante o dia 05 de maio de 2011, representantes das empresas florestais e ONGs, que compões o Fórum Florestal Paraná e Santa Catarina, participaram do “I Seminário Sobre Florestas Plantadas e Critérios Socioambientais”, com o objetivo discutir os critérios socioambientais envolvidos nos processos de Certificação Florestal com ênfase nas “Relações Comunitárias e Direito dos Trabalhadores”.

 

Esses critérios foram apresentados por Fabíola Zerbini – Secretária Executiva do FSC e Maria Teresa Rezende – Secretária Executiva do Inmetro/Cerflor.

Durante o seminário foram apresentados exemplos de projetos que estão em andamento e envolvem o setor, e que tem como principais beneficiários as comunidades direta ou indiretamente envolvidas nos processos de produção. Entre as apresentações foram relatadas as ações socioambientais realizadas pela Rigesa; o programa “Semear –Responsabilidade Socioambiental”, desenvolvido pela Arauco e os mecanismos de comunicação, desenvolvidos pela Klabin que facilitam a comunicação com as comunidades e com a sociedade civil em geral.

Gisele Bolzani, Coordenadora de Gestão Socioambiental, da empresa Poyry silviconsult, através da palestra “Gestão social no contexto da sustentabilidade”, apresentou os principais caminhos que a empresa deve seguir para a gestão social, e que ações nesse sentido, devem ser planejadas, executadas, monitoradas e avaliadas constantemente.

Através dos debates e aproximação entre os participantes, foi possível levantar demandas externas relacionadas a questões sociais que deverão ser trabalhadas nos próximos meses, pelo GT Socioambiental, constituído no âmbito do Fórum Florestal PR e SC.

Fonte: www.dialogoflorestal.org.br