4 de junho de 2012 | nenhum comentário »

Invasão de aranhas gigantes espalha o pânico em aldeia indiana

Moradores de Sadiya, no estado de Assam, dizem desconhecer a espécie.
Dez pessoas foram hospitalizadas; há suspeita de duas mortes por picadas.

Os moradores de um povoado indiano situado em um local recôndito do país afirmam ser vítimas de uma invasão de aranhas gigantes muito parecidas com as tarântulas, mas pertencentes a uma espécie desconhecida para os especialistas locais.

Segundo a imprensa local, cerca de dez pessoas foram hospitalizadas depois de serem picadas por estas aranhas. Outras duas teriam morrido, mas esta informação não foi confirmada.

“Primeiro acharam que era uma brincadeira, mas depois muitos habitantes foram picados por esta espécie particular”, declarou por telefone à AFP um sábio da aldeia de Sadiya, no estado de Assam (leste).

Uma equipe científica viajou ao local dos incidentes, a cerca de 600 km da capital de Assam, Guwahati.

“Inspecionamos o local e vimos que (a aranha) é parecida com uma migala, mas ainda não estamos certos da espécie”, declarou L. R. Saikia, um cientista do departamento de ciências da universidade de Dibrugarh, em Assam.

“Parece uma aranha agressiva dotada de ganchos mais potentes que a variedade normal dos aracnídeos”, explicou.

Foram enviadas várias amostras destas aranhas para serem analisadas por especialistas em aracnologia fora de Assam.

O professor Ratul Rajkhowa, do departamento de zoologia da faculdade Cotton, mostra uma aranha que seria da espécie que tem se proliferado na vila de Assam (Foto: AFP/Stringer)

O professor Ratul Rajkhowa, do departamento de zoologia da faculdade Cotton, mostra uma aranha que seria da espécie que tem se proliferado na vila de Assam (Foto: AFP/Stringer)

Fonte: AFP


7 de março de 2012 | nenhum comentário »

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália

Moradores de Katherine estão preocupados com doenças como raiva.

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália (Foto: AFP)

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália (Foto: AFP)

Uma cidade no norte da Austrália foi invadida por mais de 250 mil morcegos, provocando alertas para doenças fatais ligadas à raiva.

O Centro de Controle de Doenças da Austrália alertou os moradores da cidade de Katherine, na região de Northern Territory, para evitarem contato com os morcegos-da-fruta, que portam o vírus da raiva (ABLV, na sigla em inglês).

A doença é transmitida por mordida ou arranhão. A diretora do Centro de Controle de Doenças, Vicki Krause, disse à imprensa australiana que o vírus é transmitido pela saliva do morcego.

No passado, já houve registros de mortes devido à raiva do morcego, mas os casos são raros, já que existe uma vacina contra o vírus. As vacinas têm efeito imediato.

As autoridades estão recomendando que pessoas mordidas ou arranhadas pelos morcegos limpem as feridas com bastante atenção, e busquem atendimento médico em seguida.

O governo fechou o principal complexo esportivo da cidade, que foi infestado por morcegos.

Nos últimos dias, houve uma diminuição no número de morcegos na cidade, mas ainda assim eles estão por toda a parte.

‘A cidade é cheia de espécies exóticas de plantas que estão dando frutos e flores ao longo do ano. É como se fosse um ‘drive-through’ de comida para os morcegos’, disse à BBC o guarda florestal John Burke.

Segundo os moradores de Katherine, a invasão de morcegos só acontece uma ou duas vezes por década.

Fonte: BBC

 






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

julho 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

4 de junho de 2012 | nenhum comentário »

Invasão de aranhas gigantes espalha o pânico em aldeia indiana

Moradores de Sadiya, no estado de Assam, dizem desconhecer a espécie.
Dez pessoas foram hospitalizadas; há suspeita de duas mortes por picadas.

Os moradores de um povoado indiano situado em um local recôndito do país afirmam ser vítimas de uma invasão de aranhas gigantes muito parecidas com as tarântulas, mas pertencentes a uma espécie desconhecida para os especialistas locais.

Segundo a imprensa local, cerca de dez pessoas foram hospitalizadas depois de serem picadas por estas aranhas. Outras duas teriam morrido, mas esta informação não foi confirmada.

“Primeiro acharam que era uma brincadeira, mas depois muitos habitantes foram picados por esta espécie particular”, declarou por telefone à AFP um sábio da aldeia de Sadiya, no estado de Assam (leste).

Uma equipe científica viajou ao local dos incidentes, a cerca de 600 km da capital de Assam, Guwahati.

“Inspecionamos o local e vimos que (a aranha) é parecida com uma migala, mas ainda não estamos certos da espécie”, declarou L. R. Saikia, um cientista do departamento de ciências da universidade de Dibrugarh, em Assam.

“Parece uma aranha agressiva dotada de ganchos mais potentes que a variedade normal dos aracnídeos”, explicou.

Foram enviadas várias amostras destas aranhas para serem analisadas por especialistas em aracnologia fora de Assam.

O professor Ratul Rajkhowa, do departamento de zoologia da faculdade Cotton, mostra uma aranha que seria da espécie que tem se proliferado na vila de Assam (Foto: AFP/Stringer)

O professor Ratul Rajkhowa, do departamento de zoologia da faculdade Cotton, mostra uma aranha que seria da espécie que tem se proliferado na vila de Assam (Foto: AFP/Stringer)

Fonte: AFP


7 de março de 2012 | nenhum comentário »

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália

Moradores de Katherine estão preocupados com doenças como raiva.

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália (Foto: AFP)

Cidade é invadida por mais de 250 mil morcegos na Austrália (Foto: AFP)

Uma cidade no norte da Austrália foi invadida por mais de 250 mil morcegos, provocando alertas para doenças fatais ligadas à raiva.

O Centro de Controle de Doenças da Austrália alertou os moradores da cidade de Katherine, na região de Northern Territory, para evitarem contato com os morcegos-da-fruta, que portam o vírus da raiva (ABLV, na sigla em inglês).

A doença é transmitida por mordida ou arranhão. A diretora do Centro de Controle de Doenças, Vicki Krause, disse à imprensa australiana que o vírus é transmitido pela saliva do morcego.

No passado, já houve registros de mortes devido à raiva do morcego, mas os casos são raros, já que existe uma vacina contra o vírus. As vacinas têm efeito imediato.

As autoridades estão recomendando que pessoas mordidas ou arranhadas pelos morcegos limpem as feridas com bastante atenção, e busquem atendimento médico em seguida.

O governo fechou o principal complexo esportivo da cidade, que foi infestado por morcegos.

Nos últimos dias, houve uma diminuição no número de morcegos na cidade, mas ainda assim eles estão por toda a parte.

‘A cidade é cheia de espécies exóticas de plantas que estão dando frutos e flores ao longo do ano. É como se fosse um ‘drive-through’ de comida para os morcegos’, disse à BBC o guarda florestal John Burke.

Segundo os moradores de Katherine, a invasão de morcegos só acontece uma ou duas vezes por década.

Fonte: BBC