8 de março de 2012 | nenhum comentário »

Menor espécie de lontra do mundo é fotografada em Cingapura

Grupo de lontras asiáticas de garras pequenas se reuniu perto de riacho. 
Animal é considerado ‘vulnerável’ pela União para Conservação da Natureza.

Um grupo de lontras asiáticas de garras pequenas (Aonyx cinerea) se reúne perto de um riacho, em Singapura, nesta quarta-feira (7). Considerada a menor de espécies de lontra do mundo, a Aonyx cinerea é classificada como vulnerável, segundo a lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).  (Foto: Reuters / Tim Chong)

Um grupo de lontras asiáticas de garras pequenas (Aonyx cinerea) se reuniu perto de um riacho, em Cingapura, nesta quarta-feira (7). Considerada a menor de espécies de lontra do mundo, a Aonyx cinerea é classificada como vulnerável, segundo a lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN). (Foto: Reuters / Tim Chong)


16 de janeiro de 2012 | nenhum comentário »

Filhote de lontra é resgatado em rodovia no Amazonas

Filhote de lontra foi resgatado na tarde deste sábado (14). (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

Filhote de lontra foi resgatado na tarde deste sábado (14). (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

 

O Batalhão de Polícia Ambiental do Amazonas (PMAM) resgatou, no fim da manhã deste sábado (14), um filho de lontra no sítio Cristal, no km 5 do ramal Água Branca 1, situado no km 32 da rodovia AM 010, estrada que liga Manaus ao município de Itacoatiara, situado a 176 Km da capital.

Segundo o soldado do Batalhão Ambiental, Osiney Marques, “a mãe do animal foi encontrava morta, por causa desconhecida. A família do sítio encontrou o filhote e acionou a equipe do batalhão”.

De acordo com informações do cabo do Batalhão Ambiental, Amós Soares Teixeira, o resgate ocorreu por meio da ligação de morador da área, que encontrou o animal nas proximidades do sítio. Ainda segundo o cabo, o animal estava sem ferimentos e não apresenta sinais de maus tratos.

“Geralmente, as pessoas acham o animal separado da mãe e ligam para o nosso batalhão. Na maioria dos casos, vemos que o animal não tem acesso às pessoas. Não é um animal domesticado e, após o resgate, fazemos o encaminhamento para que ele possa ser cuidado e, depois, achar o próprio bando”, disse o cabo Amós.

O filhote de lontra foi encaminhado à Reserva Ecológica Sauim Castanheira, localizada da BR 319, km 1, Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus.

Fonte: G1


7 de outubro de 2011 | nenhum comentário »

Espécie ameaçada de extinção é encontrada em propriedade rural de Cornélio Procópio

A lontra Lontra longicaudis é um animal carnívoro de hábito semi-aquático e solitário, cuja distribuição se estende do México ao Uruguai. No Brasil, a espécie é encontrada nos biomas Amazônia, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica, habitando sistemas aquáticos como rios e lagos.

Alimenta-se basicamente de peixes, porém moluscos, crustáceos e insetos também compõem sua dieta. Quando está caçando tem por hábito pegar o alimento e comer na beira do rio. Espécie de hábito solitário, os machos juntam-se as fêmeas apenas nos períodos reprodutivos, a lontra é um animal de hábito crepuscular/noturno e está inclusa na categoria de Vulnerável no Livro Vermelho da Fauna Ameaçada do Estado do Paraná.

No dia 22 de setembro de 2011, o IPEVS realizou o resgate de um exemplar desta espécie em uma propriedade rural próximo a cidade de Cornélio Procópio- PR. Acionada pelo senhor Antônio Silva a equipe do IPEVS prontamente dirigiu-se até o local, o qual o animal encontrava-se em uma gaiola. Segundo o proprietário do sítio, este notou que os cachorros estavam agitados, e chegando próximo para verificar se deparou com a lontra. O mesmo relatou que vários animais são encontrados em sua propriedade, porém esta espécie ela ainda não havia observado naquela região.

Espécie ameaçada de extinção é encontrada em propriedade de Cornélio Procópio

 

Segundo o Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad, a lontra provavelmente habitava represas da região e como a espécie percorre grandes áreas foi avistada na propriedade no percurso de procura de novos ambiente aquático.

A lontra recebeu atendimento médico veterinário e foi encaminhada para soltura numa ação conjunta entre IPEVS e IAP. Segundo Devanil José Bonni, Chefe Regional do IAP, é a primeira vez que a entidade realiza a translocação desta espécie na região.

Um macho da espécia Lontra longicaudis resgatada pelo IPEVS

 

Soltura da lontra numa ação conjunta entre o IPEVS e IAP. Chefe Regional do IAP Devanil José Bonni, relata ser a primeira vez que a entidade fez a translocação desta espécie na região

Fonte: Ascom IPEVS


22 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

Lontra que vivia em cativeiro é resgatada por biólogos no Amazonas

Animal passará por reabilitação para desenvolver instinto de sobrevivência.
Até o fim deste ano, espécime deve retornar à vida selvagem.

Uma lontra com um ano e seis meses de idade foi resgatada no início desta semana por pesquisadores da Associação Amigos do peixe-boi  (Ampa) e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) na cidade de Iranduba, vizinha a Manaus (AM).

O animal foi encontrado em um vilarejo do município ribeirinho e era alimentado por moradores. De acordo com a bióloga Patrícia Farias, da Ampa, a lontra foi criada em um sítio desde que nasceu.

Entretanto, o animal cresceu e começou a atrapalhar o plantio de hortaliças do dono da propriedade, que decidiu libertar o espécime. “Por ter sido criada como animal de estimação, já havia se adaptado ao modo de vida de cativeiro. Não desenvolveu a habilidade de caçar, só come alimentos mortos, como peixe, e que é fornecido por humanos”, disse Patrícia.

O foco da Ampa agora é a reabilitação do animal, para que ele fique o menor tempo possível sob os cuidados da organização ambiental e volte para a natureza capaz de sobreviver sozinho. “Vamos implantar um rádio-transmissor durante o período de tratamento. A nossa intenção é soltar o animal na floresta até o final do ano”, disse.

Lontra resgatada de vilarejo na floresta amazônica. Animal passará por reabilitação antes de ser solto (Foto: Divulgação/Ampa)

Lontra resgatada de vilarejo na floresta amazônica. Animal passará por reabilitação antes de ser solto (Foto: Divulgação/Ampa)

Fonte: Globo Natureza, São Paulo


27 de julho de 2010 | nenhum comentário »

Lontra mais rara do mundo é fotografada na Indonésia

A espécie mais rara de lontra do mundo foi descoberta em Bornéu, na Indonésia. Um espécime foi fotografado por uma armadilha com câmera montada por cientistas.

A lontra-de-nariz-peludo (Lutra sumatrana)

mars needs moms movie

foi fotografa na Reserva da Floresta Deramakot, no Estado de Sabah.

O último registro confirmado da lontra em Sabah ocorreu há mais de cem anos. A espécie foi observada em poucos lugares fora de Bornéu.

A lontra tem pescoço branco, uma cabeça mais longa e achatada e pelos mais escuros que seu parentes.

Poucas lontras-de-nariz-peludo existem em ambiente natural; a espécie é considerada ameaçada pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).

O espécime na foto mede 1,3 metro de comprimento e pesa 7 quilos.

O animal foi fotografado por membros do projeto Conservação de Carnívoros em Sabah (ConCaSa). Detalhes da descoberta foram publicados no periódico “Small Carnivore Conservation”, publicado pela IUCN.

Fonte: Folha.com






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

setembro 2021
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

8 de março de 2012 | nenhum comentário »

Menor espécie de lontra do mundo é fotografada em Cingapura

Grupo de lontras asiáticas de garras pequenas se reuniu perto de riacho. 
Animal é considerado ‘vulnerável’ pela União para Conservação da Natureza.

Um grupo de lontras asiáticas de garras pequenas (Aonyx cinerea) se reúne perto de um riacho, em Singapura, nesta quarta-feira (7). Considerada a menor de espécies de lontra do mundo, a Aonyx cinerea é classificada como vulnerável, segundo a lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).  (Foto: Reuters / Tim Chong)

Um grupo de lontras asiáticas de garras pequenas (Aonyx cinerea) se reuniu perto de um riacho, em Cingapura, nesta quarta-feira (7). Considerada a menor de espécies de lontra do mundo, a Aonyx cinerea é classificada como vulnerável, segundo a lista Vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN). (Foto: Reuters / Tim Chong)


16 de janeiro de 2012 | nenhum comentário »

Filhote de lontra é resgatado em rodovia no Amazonas

Filhote de lontra foi resgatado na tarde deste sábado (14). (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

Filhote de lontra foi resgatado na tarde deste sábado (14). (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

 

O Batalhão de Polícia Ambiental do Amazonas (PMAM) resgatou, no fim da manhã deste sábado (14), um filho de lontra no sítio Cristal, no km 5 do ramal Água Branca 1, situado no km 32 da rodovia AM 010, estrada que liga Manaus ao município de Itacoatiara, situado a 176 Km da capital.

Segundo o soldado do Batalhão Ambiental, Osiney Marques, “a mãe do animal foi encontrava morta, por causa desconhecida. A família do sítio encontrou o filhote e acionou a equipe do batalhão”.

De acordo com informações do cabo do Batalhão Ambiental, Amós Soares Teixeira, o resgate ocorreu por meio da ligação de morador da área, que encontrou o animal nas proximidades do sítio. Ainda segundo o cabo, o animal estava sem ferimentos e não apresenta sinais de maus tratos.

“Geralmente, as pessoas acham o animal separado da mãe e ligam para o nosso batalhão. Na maioria dos casos, vemos que o animal não tem acesso às pessoas. Não é um animal domesticado e, após o resgate, fazemos o encaminhamento para que ele possa ser cuidado e, depois, achar o próprio bando”, disse o cabo Amós.

O filhote de lontra foi encaminhado à Reserva Ecológica Sauim Castanheira, localizada da BR 319, km 1, Distrito Industrial, Zona Sul de Manaus.

Fonte: G1


7 de outubro de 2011 | nenhum comentário »

Espécie ameaçada de extinção é encontrada em propriedade rural de Cornélio Procópio

A lontra Lontra longicaudis é um animal carnívoro de hábito semi-aquático e solitário, cuja distribuição se estende do México ao Uruguai. No Brasil, a espécie é encontrada nos biomas Amazônia, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica, habitando sistemas aquáticos como rios e lagos.

Alimenta-se basicamente de peixes, porém moluscos, crustáceos e insetos também compõem sua dieta. Quando está caçando tem por hábito pegar o alimento e comer na beira do rio. Espécie de hábito solitário, os machos juntam-se as fêmeas apenas nos períodos reprodutivos, a lontra é um animal de hábito crepuscular/noturno e está inclusa na categoria de Vulnerável no Livro Vermelho da Fauna Ameaçada do Estado do Paraná.

No dia 22 de setembro de 2011, o IPEVS realizou o resgate de um exemplar desta espécie em uma propriedade rural próximo a cidade de Cornélio Procópio- PR. Acionada pelo senhor Antônio Silva a equipe do IPEVS prontamente dirigiu-se até o local, o qual o animal encontrava-se em uma gaiola. Segundo o proprietário do sítio, este notou que os cachorros estavam agitados, e chegando próximo para verificar se deparou com a lontra. O mesmo relatou que vários animais são encontrados em sua propriedade, porém esta espécie ela ainda não havia observado naquela região.

Espécie ameaçada de extinção é encontrada em propriedade de Cornélio Procópio

 

Segundo o Médico Veterinário e Biólogo Rafael Haddad, a lontra provavelmente habitava represas da região e como a espécie percorre grandes áreas foi avistada na propriedade no percurso de procura de novos ambiente aquático.

A lontra recebeu atendimento médico veterinário e foi encaminhada para soltura numa ação conjunta entre IPEVS e IAP. Segundo Devanil José Bonni, Chefe Regional do IAP, é a primeira vez que a entidade realiza a translocação desta espécie na região.

Um macho da espécia Lontra longicaudis resgatada pelo IPEVS

 

Soltura da lontra numa ação conjunta entre o IPEVS e IAP. Chefe Regional do IAP Devanil José Bonni, relata ser a primeira vez que a entidade fez a translocação desta espécie na região

Fonte: Ascom IPEVS


22 de agosto de 2011 | nenhum comentário »

Lontra que vivia em cativeiro é resgatada por biólogos no Amazonas

Animal passará por reabilitação para desenvolver instinto de sobrevivência.
Até o fim deste ano, espécime deve retornar à vida selvagem.

Uma lontra com um ano e seis meses de idade foi resgatada no início desta semana por pesquisadores da Associação Amigos do peixe-boi  (Ampa) e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) na cidade de Iranduba, vizinha a Manaus (AM).

O animal foi encontrado em um vilarejo do município ribeirinho e era alimentado por moradores. De acordo com a bióloga Patrícia Farias, da Ampa, a lontra foi criada em um sítio desde que nasceu.

Entretanto, o animal cresceu e começou a atrapalhar o plantio de hortaliças do dono da propriedade, que decidiu libertar o espécime. “Por ter sido criada como animal de estimação, já havia se adaptado ao modo de vida de cativeiro. Não desenvolveu a habilidade de caçar, só come alimentos mortos, como peixe, e que é fornecido por humanos”, disse Patrícia.

O foco da Ampa agora é a reabilitação do animal, para que ele fique o menor tempo possível sob os cuidados da organização ambiental e volte para a natureza capaz de sobreviver sozinho. “Vamos implantar um rádio-transmissor durante o período de tratamento. A nossa intenção é soltar o animal na floresta até o final do ano”, disse.

Lontra resgatada de vilarejo na floresta amazônica. Animal passará por reabilitação antes de ser solto (Foto: Divulgação/Ampa)

Lontra resgatada de vilarejo na floresta amazônica. Animal passará por reabilitação antes de ser solto (Foto: Divulgação/Ampa)

Fonte: Globo Natureza, São Paulo


27 de julho de 2010 | nenhum comentário »

Lontra mais rara do mundo é fotografada na Indonésia

A espécie mais rara de lontra do mundo foi descoberta em Bornéu, na Indonésia. Um espécime foi fotografado por uma armadilha com câmera montada por cientistas.

A lontra-de-nariz-peludo (Lutra sumatrana)

mars needs moms movie

foi fotografa na Reserva da Floresta Deramakot, no Estado de Sabah.

O último registro confirmado da lontra em Sabah ocorreu há mais de cem anos. A espécie foi observada em poucos lugares fora de Bornéu.

A lontra tem pescoço branco, uma cabeça mais longa e achatada e pelos mais escuros que seu parentes.

Poucas lontras-de-nariz-peludo existem em ambiente natural; a espécie é considerada ameaçada pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).

O espécime na foto mede 1,3 metro de comprimento e pesa 7 quilos.

O animal foi fotografado por membros do projeto Conservação de Carnívoros em Sabah (ConCaSa). Detalhes da descoberta foram publicados no periódico “Small Carnivore Conservation”, publicado pela IUCN.

Fonte: Folha.com