24 de fevereiro de 2012 | nenhum comentário »

Leoas recebem cuidados médicos em zoológico da França

Equipe veterinária realizou exames para garantir saúde dos animais.
Eles serão transferidos para Dublin, na Irlanda, em março.

Veterinários do zoológico de Mulhouse, na França, realizam exames médicos em uma leoa nesta quinta-feira (24). (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Veterinários do zoológico de Mulhouse, na França, realizam exames médicos em uma leoa nesta quinta-feira (24). Outra fêmea também recebeu cuidadaos. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Os exames foram realizados porque as duas leoas do zoológico francês serão transferidas para Dublin no final de março. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Os exames foram realizados porque as duas leoas do zoológico francês serão transferidas para Dublin no final de março. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

 

Fonte: AFP


2 de dezembro de 2011 | nenhum comentário »

Advogado cria elefantas e camelos de circo em Paraguaçu, no Sul de MG

Juntas, as elefantas Gueda e Maya pesam oito toneladas.
Animais foram trazidos de circo depois de assinar TAC.

Animais exóticos que vivem há um ano e meio em uma fazenda de Paraguaçu, na Região Sul de Minas Gerais se preparam para mudar para o Rio de Janeiro. Duas elefantas e dois camelos, que vieram de um circo, estão sendo cuidados por um advogado que ficou como fiel depositário dos animais. Os bichos foram parar na fazenda depois que o Circo de Portugal assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Bahia se comprometendo a não usar os animais em apresentações circenses.

As elefantas, Gueda e Maya, têm cerca de 35 anos e, juntas, pesam oito toneladas. Todos os meses o circo envia R$ 10 mil para o advogado Gioliano Vettori custear as despesas. As elefantas comem cerca de 40 quilos de cenouras e beterrabas todos os dias, fora o capim. Além da comida, elas bebem, em média, 200 litros de água por dia. Os animais vivem aproximadamente 80 anos.

Já os camelos Kadafi e Rakja dão menos trabalho, mas mostram que têm resistência. Eles conseguem beber 120 litros de água em dez minutos e retém o líquido por até oito dias. Daí o motivo desse tipo de animal viver bem no deserto.

Click e veja o vídeo: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/12/advogado-cria-elefantas-e-camelos-de-circo-em-paraguacu-no-sul-de-mg.html

Fonte: G1, com informações da EPTV


30 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

Holanda monta megaoperação para transferir orca de avião até a Espanha

Mamífero aquático passava por reabilitação em aquário de Harderwijk.
Decisão judicial autorizou transferência para zoológico nas Canárias.

Uma megaoperação foi montada na madrugada desta terça-feira (29) durante a transferência da orca Morgan da Holanda para as Canárias, na Espanha. O animal deixou o Dolfinarium Harderwijk, um dos parque de animais marinhos mais importante do mundo  e localizado em Harderwijk, e seria levado de avião para um jardim zoológico de Tenerife, nas Canárias.

A baleia, que pesa cerca de 1,4 tonelada, foi colocada em um contêiner e içada por um guindaste antes de ser levada de caminhão, com escolta policial, até o aeroporto de Amsterdã. De acordo com o biólogo marinho Brad Andrews, o mamífero aquático estava tranquilo e nenhum tipo de sedativo foi injetado. Antes da mudança, o animal passou por 16 simulações da transferência.

A orca Morgan é transferido para a Espanha (Foto: Marco Hofste/Dolfinarium/AP)

A orca Morgan é içada até um caminhão que a transportaria direto para o aeroporto Schiphol, em Amsterdã.(Foto: Marco Hofste/Dolfinarium/AP)

Polêmica
A mudança de local da orca Morgan foi polêmica e a operação realizada nesta madrugada só foi possível a partir de uma decisão judicial. O animal foi localizado doente no mar do Wadden (norte da Holanda) em 2010 e desde então se recuperava no parque holandês.

O julgamento em Amsterdã, ocorrido na semana passada, deu sinal verde à decisão do governo de enviar a orca para Tenerife, pois as instalações do aquário eram pequenas. Um grupo de ativistas recorreu da decisão pedindo que o animal fosse devolvido ao mar, mas não obtiveram sucesso.

No zoológico espanhol, Morgan deve se adaptar às novas companhias por meio da bioacústica, uma técnica que consiste em emitir sons gravados.

A orca Morgan é transferida para a Espanha (Foto: Bas Czerwinski/AP)

O mamífero aquático seguiria em um voo até a Espanha, onde passará a viver em um zoológico das Canárias (Foto: Bas Czerwinski/AP)

Fonte: Globo Natureza, com informações da EFE, da Associated Press e da France Presse






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

janeiro 2021
S T Q Q S S D
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

24 de fevereiro de 2012 | nenhum comentário »

Leoas recebem cuidados médicos em zoológico da França

Equipe veterinária realizou exames para garantir saúde dos animais.
Eles serão transferidos para Dublin, na Irlanda, em março.

Veterinários do zoológico de Mulhouse, na França, realizam exames médicos em uma leoa nesta quinta-feira (24). (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Veterinários do zoológico de Mulhouse, na França, realizam exames médicos em uma leoa nesta quinta-feira (24). Outra fêmea também recebeu cuidadaos. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Os exames foram realizados porque as duas leoas do zoológico francês serão transferidas para Dublin no final de março. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

Os exames foram realizados porque as duas leoas do zoológico francês serão transferidas para Dublin no final de março. (Foto: AFP Photo / Sebastien Bozon)

 

Fonte: AFP


2 de dezembro de 2011 | nenhum comentário »

Advogado cria elefantas e camelos de circo em Paraguaçu, no Sul de MG

Juntas, as elefantas Gueda e Maya pesam oito toneladas.
Animais foram trazidos de circo depois de assinar TAC.

Animais exóticos que vivem há um ano e meio em uma fazenda de Paraguaçu, na Região Sul de Minas Gerais se preparam para mudar para o Rio de Janeiro. Duas elefantas e dois camelos, que vieram de um circo, estão sendo cuidados por um advogado que ficou como fiel depositário dos animais. Os bichos foram parar na fazenda depois que o Circo de Portugal assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Bahia se comprometendo a não usar os animais em apresentações circenses.

As elefantas, Gueda e Maya, têm cerca de 35 anos e, juntas, pesam oito toneladas. Todos os meses o circo envia R$ 10 mil para o advogado Gioliano Vettori custear as despesas. As elefantas comem cerca de 40 quilos de cenouras e beterrabas todos os dias, fora o capim. Além da comida, elas bebem, em média, 200 litros de água por dia. Os animais vivem aproximadamente 80 anos.

Já os camelos Kadafi e Rakja dão menos trabalho, mas mostram que têm resistência. Eles conseguem beber 120 litros de água em dez minutos e retém o líquido por até oito dias. Daí o motivo desse tipo de animal viver bem no deserto.

Click e veja o vídeo: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/12/advogado-cria-elefantas-e-camelos-de-circo-em-paraguacu-no-sul-de-mg.html

Fonte: G1, com informações da EPTV


30 de novembro de 2011 | nenhum comentário »

Holanda monta megaoperação para transferir orca de avião até a Espanha

Mamífero aquático passava por reabilitação em aquário de Harderwijk.
Decisão judicial autorizou transferência para zoológico nas Canárias.

Uma megaoperação foi montada na madrugada desta terça-feira (29) durante a transferência da orca Morgan da Holanda para as Canárias, na Espanha. O animal deixou o Dolfinarium Harderwijk, um dos parque de animais marinhos mais importante do mundo  e localizado em Harderwijk, e seria levado de avião para um jardim zoológico de Tenerife, nas Canárias.

A baleia, que pesa cerca de 1,4 tonelada, foi colocada em um contêiner e içada por um guindaste antes de ser levada de caminhão, com escolta policial, até o aeroporto de Amsterdã. De acordo com o biólogo marinho Brad Andrews, o mamífero aquático estava tranquilo e nenhum tipo de sedativo foi injetado. Antes da mudança, o animal passou por 16 simulações da transferência.

A orca Morgan é transferido para a Espanha (Foto: Marco Hofste/Dolfinarium/AP)

A orca Morgan é içada até um caminhão que a transportaria direto para o aeroporto Schiphol, em Amsterdã.(Foto: Marco Hofste/Dolfinarium/AP)

Polêmica
A mudança de local da orca Morgan foi polêmica e a operação realizada nesta madrugada só foi possível a partir de uma decisão judicial. O animal foi localizado doente no mar do Wadden (norte da Holanda) em 2010 e desde então se recuperava no parque holandês.

O julgamento em Amsterdã, ocorrido na semana passada, deu sinal verde à decisão do governo de enviar a orca para Tenerife, pois as instalações do aquário eram pequenas. Um grupo de ativistas recorreu da decisão pedindo que o animal fosse devolvido ao mar, mas não obtiveram sucesso.

No zoológico espanhol, Morgan deve se adaptar às novas companhias por meio da bioacústica, uma técnica que consiste em emitir sons gravados.

A orca Morgan é transferida para a Espanha (Foto: Bas Czerwinski/AP)

O mamífero aquático seguiria em um voo até a Espanha, onde passará a viver em um zoológico das Canárias (Foto: Bas Czerwinski/AP)

Fonte: Globo Natureza, com informações da EFE, da Associated Press e da France Presse