20 de setembro de 2011 | nenhum comentário »

Brasil tem 16 locais candidatos à lista de geoparques da Unesco

Formação de rocha escarpada em Langkawi, na Malásia

Formação de rocha escarpada em Langkawi, na Malásia(Foto:Silvio Cioffi-mai.1998/Folhapress)

O geoparque Bodoquena-Pantanal, no Mato Grosso do Sul, e a região do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, fazem parte dos 16 novos lugares que almejam integrar a Rede Mundial de Geoparques.

As candidaturas são examinadas pela Mesa da Rede Mundial de Geoparques Nacionais durante a Conferência de Geoparques Europeus, realizada entre esta sexta-feira e domingo (16 a 18 de setembro), na Noruega.

A informação foi divulgada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

“Os lugares que aspiram à denominação [na lista mundial] de geoparques devem possuir um patrimônio geológico de importância, uma sólida estrutura de gestão e uma estratégia de desenvolvimento econômico baseado em um turismo sustentável”, afirmou a agência da ONU com sede em Paris.

Junto às candidaturas brasileiras, outros parques também desejam fazer parte desse grupo, como a Serra Norte de Sevilha e o parque Villuercas Ibores Jara, na Espanha; os Alpes Cárnicos, na Áustria; Hong Kong e Tianzhu Shan, na China; Bauges e Chablais, na França; entre outros.

Criada em 2004 sob os cuidados da Unesco, a Rede Mundial de Geoparques Nacionais possui até o momento 78 lugares, de 26 países diferentes.

A Rede Mundial traz lugares como a ilha de Langkawi, onde se pode observar a formação rochosa mais antiga da Malásia; a floresta petrificada da ilha de Lesbos, na Grécia, e as crateras vulcânicas de Vulkaneifel, na Alemanha.

 

Fonte: Da EFE


31 de dezembro de 2010 | nenhum comentário »

Site do IPEVS é citado pelo PEAUNESCO

O site do IPEVS  – Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente foi citado como link para consulta sobre o tema “2010 - Ano Internacional da Biodiversidade” pelo Programa Escola Amiga da UNESCO.

Com reconhecimento em âmbito internacional, o programa valoriza a seriedade e o profissionalismo da equipe de comunicação do IPEVS colocando-os entre um seleto grupo de sites internacionais e nacionais que servem como fonte de pesquisa para assuntos ligados a biodiversidade.

A indicação pode ser conferida através do site: http://www.peaunesco.com.br/BIO2010/Links%20para%20consulta.pdf

Fonte: Assessoria de Imprensa – IPEVS

burlesque downloads

28 de maio de 2009 | nenhum comentário »

Unesco aprova ampliação de reserva da mata atlântica

A Unesco aprovou a ampliação da reserva da biosfera da mata atlântica na terça-feira (26), que integra a Rede Mundial de Reservas da Biosfera (RMBR). A rede será expandida com 22 novos locais em diferentes partes do mundo, segundo informações da organização.

the a-team film

As lagoas de Montebello no México, o Delta do Orinoco na Venezuela, Fuenteventura no arquipélago das Canárias e Gerès-Xurès, entre Espanha e Portugal, também figuram na lista dos novos pontos de ampliação das reservas.

A RMBR totaliza agora 533 reservas, espalhadas por 106 países.

Além disso, o conselho aprovou a ampliação de outras reservas da biosfera já existentes, como a da mata atlântica, no Brasil, a Campana-Peñuelas, no Chile, a Carelia do Norte, na Finlândia, e a Dyfi, no Reino Unido.

As reservas de biosfera reconhecidas pela Unesco mostram novos enfoques de gestão integrada da biodiversidade e dos recursos terrestres, marítimos e costeiros. (Fonte: Folha Online)






Categorias

Tópicos recentes

Meta

 

julho 2018
S T Q Q S S D
« mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

20 de setembro de 2011 | nenhum comentário »

Brasil tem 16 locais candidatos à lista de geoparques da Unesco

Formação de rocha escarpada em Langkawi, na Malásia

Formação de rocha escarpada em Langkawi, na Malásia(Foto:Silvio Cioffi-mai.1998/Folhapress)

O geoparque Bodoquena-Pantanal, no Mato Grosso do Sul, e a região do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais, fazem parte dos 16 novos lugares que almejam integrar a Rede Mundial de Geoparques.

As candidaturas são examinadas pela Mesa da Rede Mundial de Geoparques Nacionais durante a Conferência de Geoparques Europeus, realizada entre esta sexta-feira e domingo (16 a 18 de setembro), na Noruega.

A informação foi divulgada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

“Os lugares que aspiram à denominação [na lista mundial] de geoparques devem possuir um patrimônio geológico de importância, uma sólida estrutura de gestão e uma estratégia de desenvolvimento econômico baseado em um turismo sustentável”, afirmou a agência da ONU com sede em Paris.

Junto às candidaturas brasileiras, outros parques também desejam fazer parte desse grupo, como a Serra Norte de Sevilha e o parque Villuercas Ibores Jara, na Espanha; os Alpes Cárnicos, na Áustria; Hong Kong e Tianzhu Shan, na China; Bauges e Chablais, na França; entre outros.

Criada em 2004 sob os cuidados da Unesco, a Rede Mundial de Geoparques Nacionais possui até o momento 78 lugares, de 26 países diferentes.

A Rede Mundial traz lugares como a ilha de Langkawi, onde se pode observar a formação rochosa mais antiga da Malásia; a floresta petrificada da ilha de Lesbos, na Grécia, e as crateras vulcânicas de Vulkaneifel, na Alemanha.

 

Fonte: Da EFE


31 de dezembro de 2010 | nenhum comentário »

Site do IPEVS é citado pelo PEAUNESCO

O site do IPEVS  – Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio Ambiente foi citado como link para consulta sobre o tema “2010 - Ano Internacional da Biodiversidade” pelo Programa Escola Amiga da UNESCO.

Com reconhecimento em âmbito internacional, o programa valoriza a seriedade e o profissionalismo da equipe de comunicação do IPEVS colocando-os entre um seleto grupo de sites internacionais e nacionais que servem como fonte de pesquisa para assuntos ligados a biodiversidade.

A indicação pode ser conferida através do site: http://www.peaunesco.com.br/BIO2010/Links%20para%20consulta.pdf

Fonte: Assessoria de Imprensa – IPEVS

burlesque downloads

28 de maio de 2009 | nenhum comentário »

Unesco aprova ampliação de reserva da mata atlântica

A Unesco aprovou a ampliação da reserva da biosfera da mata atlântica na terça-feira (26), que integra a Rede Mundial de Reservas da Biosfera (RMBR). A rede será expandida com 22 novos locais em diferentes partes do mundo, segundo informações da organização.

the a-team film

As lagoas de Montebello no México, o Delta do Orinoco na Venezuela, Fuenteventura no arquipélago das Canárias e Gerès-Xurès, entre Espanha e Portugal, também figuram na lista dos novos pontos de ampliação das reservas.

A RMBR totaliza agora 533 reservas, espalhadas por 106 países.

Além disso, o conselho aprovou a ampliação de outras reservas da biosfera já existentes, como a da mata atlântica, no Brasil, a Campana-Peñuelas, no Chile, a Carelia do Norte, na Finlândia, e a Dyfi, no Reino Unido.

As reservas de biosfera reconhecidas pela Unesco mostram novos enfoques de gestão integrada da biodiversidade e dos recursos terrestres, marítimos e costeiros. (Fonte: Folha Online)